Rio de Janeiro Gari eletrocutado gravemente passa por cirurgia no RJ

Gari eletrocutado gravemente passa por cirurgia no RJ

Alcenir Silva, de 28 anos, sofreu o acidente enquanto fazia limpeza para companhia de Niterói. Ele está internado em unidade privada

  • Rio de Janeiro | Rafaela Oliveira, do R7*, com Record TV Rio

Alcenir está em estado grave

Alcenir está em estado grave

Reprodução/Record TV Rio

O gari Alcenir da Silva, de 28 anos, eletrocutado no último domingo (14) quando fazia um serviço para a Clin (Companhia de Limpeza de Niterói) na região metropolitana do Rio, passa por uma cirurgia na traqueia na manhã desta quarta-feira (17). Ele está internado em estado grave em um hospital particular de São Gonçalo, município vizinho. 

A informação foi dada pela irmã da vítima, Danielle Silva, à Record TV Rio.

No dia do ocorrido, Alcenir teria encostado com uma barra de ferro na rede de alta tensão. Ele sofreu queimaduras no corpo e foi encaminhado ao Hospital Estadual Azevedo Lima, de onde foi transferido nesta terça-feira (16).

Familiares e amigos realizaram um protesto ontem em uma praça na comunidade do Sabão, em Niterói. Os manifestantes pediram mais atenção ao caso de Alcenir e alegaram a necessidade de transferi-lo para uma unidade especializada em queimaduras. 

Além disso, os parentes questionaram a falta de isolamento da rede elétrica. Todo o acidente foi filmado por colegas que trabalhavam no local, que não o socorreram, segundo acusação da família. 

"A gente quer saber o motivo de ele estar sem os EPIs", questionou Danielle. Ela também ressaltou que a vítima foi levada sozinha na ambulância. 

Em nota, a Enel Distribuição Rio disse que a rede elétrica do local estava dentro dos padrões de segurança e que o acidente foi causado pelo contato do funcionário com uma barra de ferro eletrizada. 

A PM informou que não houve acionamento de equipes do 12º BPM (Niterói) no episódio.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas