Homem é preso após ameaçar agente durante fiscalização no Rio

Rapaz de 21 anos mostrou uma arma ao integrante da Seop e pediu que ele o acompanhasse até a cozinha de uma pizzaria, em Cosmos, na zona oeste

Ação da Prefeitura do Rio fechou seis estabelecimentos

Ação da Prefeitura do Rio fechou seis estabelecimentos

Divulgação/Prefeitura do Rio de Janeiro

Um homem foi preso no último sábado (25) durante uma ação de fiscalização da Prefeitura do Rio de Janeiro para conter aglomerações, em Cosmo, na zona oeste da capital fluminense. Segundo os agentes do poder executivo municipal, o suspeito ameaçou um dos integrantes da equipe da Seop (Secretaria Municipal de Ordem Pública) com uma arma.

Prefeitura do Rio de Janeiro interrompe festa rave na zona oeste

De acordo com a Prefeitura do Rio de Janeiro, os agentes da Seop multavam uma pizzaria quando o rapaz de 21 anos levantou a camisa, mostrou a arma e disse para um dos integrantes da operação acompanha-lo até a cozinha do estabelecimento.

Um dos policiais militares que acompanhavam a operação da Seop desarmou o suspeito e o conduziu para a 35ª DP (Campo Grande), onde prestou esclarecimentos sobre o caso. A arma, um revólver calibre .38, e seis munições foram apreendidas.

Em nota, a Prefeitura do Rio de Janeiro informou que a fiscalização terminou com seis dos 22 estabelecimentos fechados por falta de alvará, higiene e descumprimento das novas regras estabelecidas para funcionamento de bares e restaurantes durante a pandemia do novo coronavírus.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Paulo Guilherme