Rio de Janeiro Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de agredir empresária

Justiça decreta prisão preventiva de suspeito de agredir empresária

Magistrado determinou que homem seja encaminhado para avaliação psiquiátrica após deixar vítima com rosto desfigurado

Tentativa Femicídio Barra

Elaine foi agredia por jovem que conheceu pela internet

Elaine foi agredia por jovem que conheceu pela internet

Reprodução/RecordTV Rio

O homem suspeito de agredir a empresária Elaine Perez Caparroz, de 55 anos, teve a prisão preventiva decretada pelo TJ-RJ (Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro) nesta segunda-feira (18). A decisão foi tomada pelo juiz Alex Quaresma Ravache durante a audiência de custódia.

Leia também: Moradores temem mais milícia do que tráfico, diz pesquisa

O magistrado também determinou que o advogado de 27 anos seja encaminhado para avaliação psiquiátrica.

Em nota, o TJ-RJ destacou ainda que policiais encontraram a vítima gravemente ferida e que havia sangue em diversos cômodos do apartamento, onde o crime ocorreu.

A empresária ficou completamente desfigurada ao ser espancada durante quatro horas, dentro próprio imóvel, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro, no último sábado (16).

De acordo com o irmão da vítima, Elaine tem diversas fraturas graves e lesões no pulmão e nos rins. A empresária segue internada na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no Hospital Casa de Portugal, no centro, em estado estável. 

O homem foi preso em flagrante na portaria do prédio e com as roupas manchadas de sangue, depois que vizinhos ouviram pedidos de socorro.

Segundo a polícia, o supeito vai responder por tentativa de feminicídio, quando o crime é praticado por motivo de gênero. O delegado Rodrigo Freitas de Oliveira, da 16ª DP (Barra Da Tijuca), acredita que, pela gravidade das lesões, o homem tentou matar a empresária.

Veja: Vítima de homem que transmitia HIV de propósito revela como descobriu a doença

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira