Rio de Janeiro Justiça do Rio expede alvarás de soltura de Queiroz e esposa

Justiça do Rio expede alvarás de soltura de Queiroz e esposa

Casal, que estava em prisão domiciliar, é investigado no processo que apura o esquema conhecido como rachadinhas 

A Justiça do Rio expediu, na tarde desta quarta-feira (17), os alvarás de soltura de Fabrício José Carlos de Queiroz e da esposa dele, Marcia de Oliveira Aguiar, que são investigados no processo que apura o esquema das rachadinhas que teria ocorrido no gabinete do ex-deputado estadual e agora senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ).

Márcia e Fabrício Queiroz estavam em prisão domiciliar

Márcia e Fabrício Queiroz estavam em prisão domiciliar

Reprodução

A determinação do desembargador Milton Fernandes de Souza, do Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, cumpre a ordem da Quinta Turma do STJ (Superior Tribunal de Justiça)

O casal, que estava em prisão domiciliar, é investigado por suposto envolvimento no desvio de recursos públicos.

Após a soltura, o desembargador Milton Fernandes vai decidir a respeito das medidas cautelares que devem ser cumpridas. 

Últimas