Menina de 10 anos está entre mortos em chacina no Rio 

Pai de Rayane também se feriu no ataque ao tentar proteger a filha. Escola em que menina estudava publicou homenagem

Menina de 10 anos está entre as vítimas de chacina em Anchieta

Menina de 10 anos está entre as vítimas de chacina em Anchieta

Reprodução

A menina Rayane Cardoso Lopes, de 10 anos, está entre as vítimas de uma chacina que ocorreu durante uma festa, na madrugada de domingo (28), no bairro de Anchieta, na zona norte do Rio. 

Outras quatro pessoas também morreram no ataque e mais sete ficaram feridas.

Para proteger a criança, o pai de Rayane chegou a abraçar a filha, mas não conseguiu evitar que uma bala a atingisse.

A menina chegou a uma unidade de pronto atendimento sem vida. Já o pai, ferido nas costas, passou por cirurgia no Hospital Souza Aguiar, no centro do Rio, e apresenta quadro de saúde estável.

Veja mais: Festa clandestina é interrompida por agentes da prefeitura do Rio

A escola municipal Guilherme Tell, onde Rayane estudava, prestou uma homenagem para a menina, que faria aniversário daqui a duas semanas, nas redes sociais. 

Ela foi lembrada como “uma menina doce, amiga, carinhosa e que tinha o coração cheio de sonhos, que foram brutalmente interrompidos devido à violência" no bairro.

Na entrada da comunidade Az de Ouro, uma faixa preta foi colocada para simbolizar o luto dos moradores pelos mortos e feridos na chacina.

Um áudio que circula na internet diz que o caso se trata de “uma tragédia anunciada”, pois alguns participantes da festa teriam uma rivalidade com bandidos da região.

A Polícia Civil investiga se traficantes de uma facção que domina o Complexo do Chapadão, na mesma região, são responsáveis pelo crime.

Assista ao vídeo:

*Estagiária do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira