Rio de Janeiro OAB recebe famílias de meninos desaparecidos em Belford Roxo

OAB recebe famílias de meninos desaparecidos em Belford Roxo

Três crianças de 8, 10 e 11 anos sumiram no dia 27 de dezembro após saírem de casa para brincar

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) Belford Roxo recebeu nesta sexta-feira (8) as famílias dos meninos Lucas Matheus, de 8 anos, Alexandre da Silva, de 10, e Fernando Henrique, de 11 anos, desaparecidos na cidade há doze dias.

Crianças estão desaparecidas há doze dias em Belford Roxo (RJ)

Crianças estão desaparecidas há doze dias em Belford Roxo (RJ)

Reprodução/Record TV Rio

Durante o encontro, as famílias das crianças receberam apoio jurídico e informações sobre o andamento das investigações, que estão a cargo do Setor de Descoberta de Paradeiros da DHBF (Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense). 

Em nota, o presidente do órgão afirmou que a equipe da Comissão de Direitos Humanos está empenhada em assistir totalmente as famílias e ajudar na solução do caso.

As crianças estão desaparecidas desde o dia 27 de dezembro, após saírem para brincar em um campo de futebol no bairro Castelar, onde moram, em Belford Roxo, na Baixada Fluminense. 

As famílias já fizeram buscas dentro e fora da cidade e realizaram protestos para chamar a atenção das autoridades. Os familiares também têm recebido muitas informações falsas sobre o paradeiro das crianças por telefone e redes sociais.

Na última quarta-feira (6), a avó e o tio de Lucas e Alexandre sofreram um acidente na rodovia Presidente Dutra, na altura de Duque de Caxias. Eles haviam recebido a informação de que os meninos estariam perto de uma sorveteria no bairro Jardim Tropical, em Nova Iguaçu, também na Baixada.

Os dois tiveram ferimentos leves e foram liberados após serem atendidos no Pam (Posto de Assistência Médica) de Meriti, em Vilar dos Teles, bairro de Duque de Caxias.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Patrícia Junqueira

Últimas