Rio de Janeiro Polícia do RJ prende suspeito de estupro no Maranhão após 17 anos

Polícia do RJ prende suspeito de estupro no Maranhão após 17 anos

Acusado teria participado de estupro coletivo em 2003 e se mudado para zona norte do Rio em 2006. Atualmente, homem era proprietário de lojas na Baixada

Suspeito será transferido para o Maranhão

Suspeito será transferido para o Maranhão

Reprodução/Record TV Rio

A Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na manhã da última terça-feira (11) um suspeito de ter participado de um estupro coletivo no Maranhão, em 2003. Os agentes localizaram o homem em uma loja no qual era proprietário, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Governo do Rio autoriza reabertura dos pontos turísticos

De acordo com a Polícia Civil fluminense, o suspeito era procurado pela Justiça maranhense desde 2010. Ele e mais três homens são acusados de estuprarem uma jovem, que tinha 20 anos na época do crime.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro localizou o suspeito a partir de uma investigação na qual ele é acusado de estelionato. Ao puxar a ficha criminal do homem, os agentes fluminenses encontraram um mandado de prisão em aberto.

Os investigadores acreditam que o homem estivesse no Rio de Janeiro desde 2006. O suspeito moraria no Méier, zona norte da capital, e teria diversas lojas pela Baixada Fluminense, como a iogurteria na qual foi preso.

RJ: duas pessoas são soterradas e uma morre na região metropolitana

Segundo o delegado Tulio Pelosi, responsável pela prisão, o suspeito confessou a participação no crime. O agente da Polícia Civil também informou que o preso será transferido para o Maranhão.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas