Polícia prende três em ação contra fraudes em cartões de metrô

Operação realizada em parceria com o Metrô Rio buscava prender suspeitos de clonar créditos de cartões e vender mais barato para clientes

Cartões, celulares e dinheiro foram apreendidos

Cartões, celulares e dinheiro foram apreendidos

Reprodução

A Polícia Civil prendeu três pessoas, incluindo um cliente do Metrô Rio, suspeitas de fraudar cartões de passagem. A ação foi realizada na manhã desta terça-feira (4) pela DDFE (Delegacia de Defraudações) e pelo Metrô Rio em estações.

Cedae retoma tratamento após detectar detergente no Guandu

De acordo com as investigações, um grupo de criminosos comercializava de forma ilegal cartões de Bilhete Único e do Giro (bilhete próprio do metrô). Eles usavam smartphones com aplicativo que clona os créditos comprados legalmente nas bilheterias.

A partir da leitura feita pelo aplicativo, os créditos eram duplicados e os cartões oferecidos aos clientes por um preço mais barato que o das estações.

Segundo o Metrô Rio, a estimativa de prejuízo causado pelo grupo é de R$ 500 mil. As investigações continuam para que mais envolvidos nas ações sejam identificados.