Rio de Janeiro Prefeitura do Rio confirma 3 mortes em tempestade que atingiu a cidade

Prefeitura do Rio confirma 3 mortes em tempestade que atingiu a cidade

Forte chuva atingiu a capital fluminense no fim da noite de quarta-feira e deixou rastro de destruição

Crivella acompanha trabalhos das equipes

Crivella acompanha trabalhos das equipes

Divulgação/Prefeitura do Rio

Chega a três o número de mortos durante uma forte tempestade que atingiu a cidade do Rio de Janeiro entre o fim da noite de quarta-feira (6) e a madrugada desta quinta-feira (7).

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, decretou luto oficial de três dias na cidade. Ele passou a madrugada vistoriando as equipes da prefeitura que trabalham na recuperação dos estragos causados. 

As rajadas de vento em algumas regiões chegou a 110 km/h. Houve quedas de árvore, deslizamentos de terra e vários pontos de alagamento.

Um deslizamento de terra na avenida Niemeyer atingiu um ônibus e destruiu um trecho da ciclovia, que caiu no mar.

A via, que liga o Leblon a São Conrado, passando pelo Vidigal, ficará fechada por tempo indeterminado nos dois sentidos. 

Cerca de 70 árvores caíram na zona sul, nos bairros do Flamengo, Botafogo e Copacabana.

Na Barra da Tijuca, avenida Ayrton Senna e avenida Ministro Ivan Lins estão interditadas por causa de alagamentos na via.

A via Grajaú-Jacarepaguá e o túnel Zuzu Angel já foram liberados, após interdição nos dois sentidos por quedas de árvores. O Metrô do Rio opera normalmente apesar dos transtornos causados pela chuva.

    Access log