Rio de Janeiro Rio: “Estão matando minha família”, diz sobrinha de bicheiro morto

Rio: “Estão matando minha família”, diz sobrinha de bicheiro morto

Shanna Garcia também foi vítima de um atentado no final de 2019. Além dela, pai e irmão, ligados à contravenção, também foram assassinados a tiros no RJ

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7* com Record TV Rio

Shanna chorou ao falar de crimes contra família

Shanna chorou ao falar de crimes contra família

Reprodução/Record TV Rio

Shanna Harouche Garcia Lopes foi à DH-Capital (Delegacia de Homicídios) na última segunda-feira (2) para prestar novos esclarecimentos sobre a morte do tio, Aclebíades “Bid” Paes Garcia, assassinado no dia 25 de fevereiro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro.

Além de Bid, Shanna perdeu o pai, Waldomiro Paes Garcia, conhecido como Maninho, e o irmão Myro Garcia, em 2004 e 2017, respectivamente. Ambos foram executados em ataques a tiros. Segundo Shanna, sua vida foi cerceada pelo medo de morrer.

“Estão matando minha família toda e ninguém dá resposta, ninguém sabe de onde vem. A gente sabe quem são os interessados, a gente só quer respostas. Minha vida está totalmente privada, tenho medo pelos meu filhos”, declarou Shanna na porta da DH-Capital.

De acordo com informações da Record TV Rio, Shanna voltou a firmar à imprensa que o ex-cunhado foi o responsável pelo ataque em que foi vítima.

“Isso [a morte de Bid] está repercutindo na família inteira. Então, assim, a gente só quer uma resposta definitiva. Só uma resposta das autoridades”, disse a filha de Maninho, que foi patrono da escola de samba Acadêmicos do Salgueiro.

Caso Bid

A Polícia Civil já colheu o depoimento de, pelo menos, sete pessoas, entre parentes, testemunhas e seguranças de Bid. A vítima foi assassinada com 22 tiros, de acordo com a perícia, enquanto voltava do desfile das escolas do Grupo Especial do Rio de Janeiro.

Os investigadores também tentam identificar o veículo usado na ação pelos atiradores. A DH-Capital analisa as imagens de câmeras de segurança que registraram o percurso realizado pela van que Bid estava até o local no qual foi morto.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas