Rio de Janeiro Rio vai vacinar rodoviários como grupo prioritário

Rio vai vacinar rodoviários como grupo prioritário

A decisão foi anunciada em uma rede social; os detalhes vão ser divulgados na coletiva semanal sobre a covid-19 nesta sexta (23)

  • Rio de Janeiro | Rafael Nascimento Do R7 *

Resumindo a Notícia

  • Rodoviários vão entrar para o grupo prioritário de vacinação contra covid-19 no Rio
  • A medida foi anunciada pelo prefeito da cidade, Eduardo Paes, nesta quinta (22)
  • Os detalhes vão ser informados na coletiva semanal sobre a covid-19 nesta sexta (23)
  • Paes foi diagnosticado com covid-19 pela segunda vez e segue em isolamento
A vacinação regular segue na
 faixa etária dos 60 anos no Rio

A vacinação regular segue na faixa etária dos 60 anos no Rio

Marcello Casal Jr./Agência Brasil/02.04.2020

O prefeito da cidade do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), afirmou em uma rede social nesta quinta-feira (22), que os rodoviários vão ser incluídos no grupo prioritário para vacinação contra a covid-19.  Os detalhes vão ser anunciandos nesta sexta-feira (23) pelo secretário de Saúde do Rio, Daniel Soranz, já que Paes foi diagnosticado com covid-19 pela segunda vez e está isolado.

"Decidimos ontem que os rodoviários do Rio vão figurar entre os grupos prioritários para vacinação.  A notícia deve ser anunciada amanhã na coletiva semanal sobre a covid-19, comandada pelo secretário Daniel Soranz já que ainda estou em isolamento", disse.

O Rio Ônibus (Sindicato das Empresas de Ônibus da Cidade do Rio de Janeiro) emitiu uma nota após o comunicado de Eduardo Paes. Na declaração, o sindicato informou que os rodoviários lidam com 200 pessoas, em média, por dia durante o trabalho, o que aumenta as chances de contrair a covid-19, tornando a vacinação dos profissionais uma prioridade.

Um dia após envio de ofício ao prefeito cobrando agilidade na vacinação de rodoviários cariocas, Eduardo Paes aprovou a medida e anunciou prioridade na imunização dos profissionais que atuam na linha de frente, mantendo a operação do transporte público por ônibus na cidade. Mesmo com determinação de utilização de máscaras e higienização regular das mãos e utensílios, os profissionais lidam em média com 200 pessoas diariamente, durante o exercício da função. A medida agrega mais segurança aos deslocamentos diários da população e dos profissionais rodoviários.

Vacinação

Na última terça (20) a Prefeitura anunciou uma ampliação do grupo prioritário de vacinação. Pessoas com comorbidades, deficiências permanentes e trabalhadores de serviços essenciais, com menos de 60 anos, estarão aptos a receber a imunização, a partir da próxima segunda (26).

Os trabalhadores que foram incluídos no grupo prioritário são os profissionais da saúde, educação, serviços de limpeza urbana, policiais militares e civis, guardas municipais, bombeiros e agentes penitenciários.

Nesta quinta (22), o Rio vacina mulheres com 60 anos ou mais; sexta-feira (23), é a vez dos homens na mesma faixa etária e sábado (24), repescagem para ambos sexos.

* Estagiário do R7 sob supervisão de Celso Fonseca

Últimas