Rio de Janeiro RJ: após 48h, bombeiros continuam combatendo incêndio em Petrópolis 

RJ: após 48h, bombeiros continuam combatendo incêndio em Petrópolis 

Estima-se uma área de 560 campos de futebol tenha sido destruídas pelo fogo. Moradores de região próxima ao parque temem avanço das chamas

  • Rio de Janeiro | Lucas Ferreira, do R7*, com Agência Brasil

Área de 560 campos de futebol teriam sido destruídas

Área de 560 campos de futebol teriam sido destruídas

Divulgação/Corpo de Bomeiros

Após mais de 48 horas de incêndio na Reserva Biológica das Araras, em Petrópolis, Região Serrana do Rio de Janeiro, o Corpo de Bombeiros continua combatendo as chamas que se alastram pelo local. Estima-se que uma área de 560 campos de futebol foram consumidas pelo fogo, iniciado propositalmente na madrugada da última segunda-feira (27).

Moradores que têm casas próximas à reserva temem o avanço das chamas e ajudam os bombeiros no trabalho de controle do fogo. A Prefeitura de Petrópolis cedeu dez homens das Guarda Civil e da Defesa Civil para dar suporte aos militares e voluntários da operação.

O incêndio teve início após um idoso colocar fogo no próprio carro na beira da estrada que corta o parque para ter acesso ao valor do seguro do veículo. De acordo com a chefe da Reserva Biológica das Araras, Isabela Bernardes, este é o maior incêndio nos últimos cinco anos.

“As chamas começaram na beira da estrada, em uma zona de amortecimento, chegando até a área da reserva. Eram cinco anos sem um incêndio dessa proporção.”

Rio: Parque Nacional da Tijuca decide fechar trilha da Pedra Bonita

Em nota, o Inea (Instituto Estadual do Ambiente) informou que o responsável pelo incêndio poderá ser punido com multa e será responsabilziado pela recuperação de área degrada.

*Estagiário do R7, sob supervisão de Celso Fonseca

Últimas