Rio de Janeiro RJ: Defesa Civil interdita casas na região onde bebê morreu soterrado

RJ: Defesa Civil interdita casas na região onde bebê morreu soterrado

Município de São Gonçalo já registra mais de 20 ocorrências por conta da chuva que atingiu a cidade na última quarta-feira (9)

  • Rio de Janeiro | Mariene Lino, do R7*, com informações de Adriana Oliveira, da Record TV Rio

A Defesa Civil interditou nove casas no morro do Feijão, em São Gonçalo, na região metropolitana do Rio, onde o bebê Enzo Gabriel, de 1 ano de 8 meses, morreu soterrado na noite da última quarta-feira (9).

Nove imóveis no morro do Feijão foram interditados

Nove imóveis no morro do Feijão foram interditados

Reprodução/Record TV Rio

Segundo a Defesa Civil, o município já soma mais de 20 ocorrências por conta da chuva fraca que atingiu a região desde a madrugada desta quinta (10).

Leia também: Rio: Mulher entra em trabalho de parto e dá à luz em estação de trem

Os bairros afetados incluem Neves, Santa Catarina, Gradim e Covanca.

Entre os incidentes, estão deslizamentos, alagamentos e quedas de muros, além de risco de desabamento no bairro Pita.

A Defesa Civil informou que novas demandas surgem ao longo do dia e que vai atualizar o número de ocorrências assim que possível.

Em entrevista à Record TV Rio, uma moradora do morro do Feijão contou que o barulho do desabamento foi muito alto e os moradores se esforçaram para ajudar a resgatar as vítimas soterradas.

"Quando fomos ver, já estava tudo abaixo, todo mundo na rua, na chuva. Foram os moradores que conseguiram tirar o Augusto [avô do Enzo] e as duas meninas, mas o Enzo, não conseguiram", disse.

O avô da criança, identificado como Augusto, contou que a família do menino, que mora no Complexo do Salgueiro, estava na comunidade para passar o fim de semana. Ele disse que não conseguiu salvar o neto por causa do peso dos escombros.

"Eu consegui salvar minha filha e minha netinha, mas estou muito triste porque não consegui salvar o meu neto debaixo dos escombros porque era muito peso e eu estava soterrado", disse.

Leia também: Crianças nadam em campo de futebol alagado por chuva no RJ

O corpo de Enzo Gabriel foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Tribobó, também em São Gonçalo. Ainda não há informações sobre o enterro.

*Estagiária do R7, sob supervisão de Odair Braz Jr.

Últimas