Rio de Janeiro RJ: esposa de homem morto por suspeita de Covid-19 é internada 

RJ: esposa de homem morto por suspeita de Covid-19 é internada 

Paciente sem identidade divulgada apresenta quadro de pneumonia. Ela é proprietária de uma creche e teve contato com crianças há cinco dias

Paciente apresenta quadro de pneumonia

Paciente apresenta quadro de pneumonia

Reprodução/Record TV Rio

A esposa do homem que pode ser a primeira morte causada pelo novo coronavírus no Rio de Janeiro também está internada em um hospital de Icaraí, em Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro. De acordo com informações da Record TV Rio, a paciente apresenta quadro de pneumonia.

O casal teve contato com o filho, que retornou de Nova Iorque, nos Estados Unidos, e testou positivo para a Covid-19. A cidade estadunidense é um dos locais com o maior número de casos do novo coronavírus no país.

A paciente é proprietária de uma creche no bairro Santa Rosa, também em Niterói, onde teve contato com crianças e funcionárias até a última sexta-feira (13). As famílias dos alunos da instituição foram comunicadas sobre o caso suspeito e também estão em quarentena.

Não há informações se a paciente faz parte do grupo de risco da doença assim como seu marido, que tinha 69 anos e apresentava comorbidades. O tratamento do idoso tinha começado no último dia 11 de março.

Embora seja extremamente provável que o homem tenha morrido por complicações provenientes do novo coronavírus, a SES-RJ (Secretaria Estadual de Saúde) só poderá confirmar o caso após receber os resultados dos exames nos próximos dias.

De acordo com a SES-RJ, o Estado tem 49 casos confirmados da Covid-19, sendo 42 no Rio de Janeiro, seis em Niterói e um em Barra Mansa. Até a publicação desta matéria, nenhum dos pacientes testados positivos vieram a óbito.

*Estagiário do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas