Rio de Janeiro RJ: Polícia prende suspeitos de envolvimento em morte de PM

RJ: Polícia prende suspeitos de envolvimento em morte de PM

O cabo Derinaldo Cardoso, de 34 anos, foi baleado na cabeça durante um assalto uma loja em Mesquita, na Baixada Fluminense

  • Rio de Janeiro | Ana Beatriz Araújo, do R7*, com Record TV Rio

A polícia prendeu os dois suspeitos de envolvimento na morte de um PM na comunidade Vila Kennedy, na zona norte do Rio.

PM foi baleado na cabeça durante assalto

PM foi baleado na cabeça durante assalto

Reprodução

O cabo Derinaldo Cardoso, de 34 anos, foi baleado na cabeça durante um assalto a uma loja em Mesquita, na Baixada Fluminense, na sexta-feira (4). Ele chegou a ser socorrido e passou por uma cirurgia no Hospital Geral de Nova Iguaçu, mas não resistiu aos ferimentos.

Um dos homens teria efetuado o disparo que matou o agente. O outro era considerado foragido da Justiça e seria o responsável por dar cobertura aos comparsas no momento do roubo.

Com os presos também foi encontrada a arma que teria sido usada no crime. A dupla foi levada para a 54ª DP (Belford Roxo), onde prestaram depoimento.

RJ: “Se eles deram o tiro, algum alvo eles viram”, diz mãe de Emilly

As câmeras de segurança do estabelecimento registraram o crime. Cardoso estava na porta e não percebe que um dos criminosos estava escondido atrás do mostruário. Em seguida, o vídeo mostra o momento do disparo.

Nas redes sociais, o governador em exercício Cláudio Castro parabenizou a polícia pela prisão.

O cabo Derinaldo Cardoso foi sepultado no Cemitério Jardim da Saudade, em Sulacap, na zona oeste do Rio. Ele deixa a esposa e dois filhos.

*Estagiária do R7, sob supervisão de PH Rosa

Últimas