Rio de Janeiro Van que atropelou crianças não podia fazer transporte escolar

Van que atropelou crianças não podia fazer transporte escolar

Segundo delegado, motorista pode responder por lesão corporal no trânsito; acidente deixou 10 crianças feridas no Andaraí, na zona norte do Rio

Van que atropelou crianças não poderia fazer transporte escolar

Van atropelou crianças na calçada

Van atropelou crianças na calçada

Reprodução

A van que se envolveu em um acidente com 10 crianças feridas - três em estado grave - no Andaraí, na zona norte do Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (20), não tinha autorização para fazer transporte escolar, segundo informações do delegado titular da 20ª DP (Vila Isabel), Deoclécio Francisco de Assis Filho.

Apesar da situação do veículo, o condutor da van não tinha problemas com a habilitação. O motorista deixou a delegacia após prestar depoimento. Ele pode responder por lesão corporal no trânsito.

Veja também: Polícia prende suspeito de matar ex-companheira a facadas no Rio

Segundo informações iniciais, a van perdeu o freio ao descer a rua Adolfo Caminha. O veículo atingiu uma kombi e um carro de passeio.

Na kombi estavam cinco crianças, que são parentes do condutor e ficaram feridas com o impacto da batida. Ele havia acabado de buscá-las na creche.

Outros cinco menores feridos no acidente foram atropelados pela van na calçada. 

As vítimas foram socorridas para três hospitais. Um menino de 12 anos, que sofreu traumatismo craniano, foi transferido ao Hospital Miguel Couto, na Gávea, onde passou por cirurgia. 

*Sob supervisão de Bruna Oliveira