Rio de Janeiro Witzel presta depoimento às autoridades pelo 2º dia consecutivo

Witzel presta depoimento às autoridades pelo 2º dia consecutivo

Governador do Rio chegou à sede do MPF acompanhado da mulher e de um advogado. Ontem, ele foi ouvido na Polícia Federal

  • Rio de Janeiro | Vinícius Andrade, do R7*

Witzel é investigado por fraudes na Saúde

Witzel é investigado por fraudes na Saúde

Fernando Frazão/Agência Brasil

O governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel, presta depoimento no MPF (Ministério Público Federal), na região central do Rio, na tarde desta sexta-feira (10), na investigação que apura os indícios de corrupção nas verbas da Saúde. 

Witzel chegou por volta das 14h  acompanhado da esposa, Helena Witzel, e de um advogado, de acordo com informações da Record TV Rio.

Procurada, a assessoria do governador alegou sigilo nas investigações. No entanto, a Procuradoria é responsável pelo inquérito que aponta irregularidades em contratos firmados pelo Estado na área da saúde.

Nesta quinta (9), o governador foi ouvido pela Polícia Federal na Delegacia do Aeroporto do Galeão por mais de uma hora em outra investigação, que apura a atuação da polícia no Estado. 

Fraudes na Saúde 

Segundo as investigações, há indícios de que integrantes de um Organização Social e membros do Governo do RJ estejam envolvidos em um esquema de corrupção em contratos para compra de equipamentos e montagem de hospitais de campanha no combate à covid-19.

O inquérito deu origem à operação Placebo, realizada em maio, que teve Witzel como um dos alvos dos mandados de busca e apreensão.

Durante a mesma operação, a Polícia Federal também cumpriu mandados contra a esposa do governador, Helena Witzel, e o ex-secretário de Saúde do Estado, Edmar Santos, preso nesta sexta (10)

*Estagiário do R7, sob supervisão de Bruna Oliveira

Últimas