São Paulo Alesp retoma sessão para votar punição a Cury nesta quinta (1)

Alesp retoma sessão para votar punição a Cury nesta quinta (1)

Discussões sobre votação de suspensão temporária após agressão à deputada Isa Penna começaram na quarta-feira (31)

Primeiro dia de discussões sobre punição ao deputado estadual Fernando Cury por assédio a deputada Isa Penna

Primeiro dia de discussões sobre punição ao deputado estadual Fernando Cury por assédio a deputada Isa Penna

Reprodução

A Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) retoma nesta quinta-feira (1º), às 11h a sessão virtual em que discute a a perda temporária, por 119 dias, do mandato do deputado estadual Fernando Cury (Cidadania) por conta do episódio de assédio à também deputada Isa Penna (PSol), ocorrido em dezembro em plenário.

A discussão começou na quarta-feira às 10h e se e até 17h50, quando foi encerrada. A expectativa é que a punição ao deputado seja votada ainda nesta quinta. 

A suspensão, que corresponde a um período de quatro meses, foi definida no dia 3 de março pelo Conselho de Ética da Casa.

Entre a manhã e a tarde desta quarta, os parlamentares discutiram se Cury seria ou não suspenso.

Os deputados da bancada do PT e do PSol tentaram impedir o avanço do processo por julgarem a punição branda demais. "Somos 94 deputados. Queremos modificar a proposta, queremos a cassação do mandato. Isso teria um efeito pedagógico profundo em São Paulo e no Brasil", afirmou o deputado Carlos Giannazi (PSol).

No entanto, o presidente da Alesp, Carlão Pignatari, não acatou ao pedido da oposição e defendeu que a votação sobre a punição se manteria estrita à decisão do Conselho de Ética, e assim, os parlamentares só teriam como opção a punição de 119 dias.

A deputada Isa Penna, vítima no caso do assédio, foi interrompida e teve o microfone cortado nas duas primeiras vezes em que apresentaria sua questão de ordem na primeira sessão do dia.

Assédio na Alesp

Deputada Isa Penna (PSol) repeliu o deputado Fernando Cury (Cidadania)

Deputada Isa Penna (PSol) repeliu o deputado Fernando Cury (Cidadania)

Reprodução/TV Alesp

O caso de assédio de Fernando Cury a Isa Penna ocorreu em 16 de dezembro passado, e foi registrado pelas câmeras da assembleia.

As imagens mostraram Cury conversando com outros dois parlamentares, se aproximando de Penna por trás e apalpando seu seio; a deputada rapidamente reagiu e afastou a mão do colega.

Devido ao recesso da Alesp no fim do ano, a deputada pediu em janeiro a convocação de uma sessão extraordinária para julgar o caso.

Ao depor no Conselho de Ética, Cury se defendeu dizendo que o que chamou de abraço havia sido um gesto de gentileza, e se desculpou “por qualquer tipo de constrangimento e ofensa”. Diante a defesa do parlamentar, Penna afirmou ter sido revitimizada.

Em 3 de março passado, o Conselho definiu que a punição a ser votada contra Fernando Cury seria a suspensão de 119 dias de suas funções.

Últimas