São Paulo Bar é multado pelo Procon por apologia ao crime no interior de SP 

Bar é multado pelo Procon por apologia ao crime no interior de SP 

Após fazer piadas nas redes sociais com as mortes de Isabella Nardoni e Eliza Samudio, churrascaria também foi alvo de boicote de clientes

  • São Paulo | Do R7, com informações da Record TV

O Procon-SP multou o bar Primata Parrilla, no município de Presidente Prudente, no interior de São Paulo, em R$ 1.134,85, por mensagens ofensivas à sociedade e denunciou o local à Polícia Civil por apologia ao crime, após o estabelecimento viralizar na internet com piadas zombando da morte de Eliza Samudio e Alessandra Nardoni.

Sobre a morte de Eliza Samudio, o restaurante publicou a seguinte frase: “cão é o melhor amigo do homem. Goleiro Bruno”. Bruno Fernandes, ex-goleiro do Flamengo foi condenado pela morte da mulher, que teve seus restos mortais entregues a cachorros. Em relação ao caso de Alessandra Nardoni, o estabelecimento escreveu: “Filho a gente não cria pra nós. Cria pra jogar no mundo. Alexandre Nardoni”. Nardoni cumpre pena por ter arremessado a filha da janela. 

Outras frases fazem piada com a fome na África: “fazer as refeições juntos, une a família! Etiópia, povo sem união”.

O Procon também citou desrespeito ao Código de Defesa do Consumidor, onde é determinado que “é abusiva, dentre outras, a publicidade discriminatória de qualquer natureza, a que incite à violência (...)".Por se tratar de microempresa, a multa aplicada foi de R$ 1.134,85, mas durante o processo podem ser aplicados agravantes que aumentam esse valor. 

Em entrevista à Record TV, o gerente do bar, Daniel Carrion, defendeu as postagens. "Não é um crime fazer piada. Eu nunca escrevi nada sério nela. Aliás eu troco toda semana. E eu já escrevi coisa pior lá", disse.

Brincadeira postada pelo estabelecimento, sobre morte de Alessandra Nardoni

Brincadeira postada pelo estabelecimento, sobre morte de Alessandra Nardoni

Reprodução/ Record TV

Últimas