São Paulo Bloco de Daniel Alves, Good Crazy acaba mais cedo por conta de brigas

Bloco de Daniel Alves, Good Crazy acaba mais cedo por conta de brigas

Jogador organizou folia junto com cantor Seu Jorge e, as 17h30, ambos encerraram o percurso uma hora e meia mais cedo por conta da violência 

  • São Paulo | Caio Sandin, do R7

Daniel Alves teve de encerrar bloco Good Crazy mais cedo por conta de violência

Daniel Alves teve de encerrar bloco Good Crazy mais cedo por conta de violência

Bruno Rocha/Fotoarena/Estadão Conteúdo

O bloco Good Crazy, organizado pelo meia Daniel Alves, do São Paulo, e pelo cantor Seu Jorge foi encerrado uma hora e meia antes do previsto, às 17h30 deste domingo (23), por conta de brigas em meio à multidão de foliões.

Desfilando pela primeira vez na avenida Faria Lima, reduto dos grandes blocos do Carnaval paulistano, o jogador estava animado para o "primeiro carnaval no Brasil de verdade", já que sua última vez na folia foi aos 16 anos.

Com término previsto para as 19h, os dois organizadores falaram, de cima do trio elétrico do bloco, que o evento estava encerrado, mesmo com uma hora e meia de antecedência, após cenas de violência acontecerem entre as pessoas que aproveitavam a folia.

Logo depois do anúncio feito pelo dois, uma outra organizadora tomou o microfone e passou a orientar os caminhos para a dispersão do bloco, incluindo as estações de metrô mais próximas.

Confira fotos do bloco

Últimas