São Paulo Câmera que filmou jovem levado por PM é arrancada um dia depois

Câmera que filmou jovem levado por PM é arrancada um dia depois

Policiais militares passaram em frente à câmera de monitoramento menos de dois minutos depois de equipamento ser destruído

  • São Paulo | Kaique Dalapola, do R7

David foi encontrado morto após abordagem da PM

David foi encontrado morto após abordagem da PM

Reprodução/Facebook

A câmera de segurança que filmou o vendedor ambulante David Nascimento dos Santos, de 23 anos, sendo abordado e levado por policiais militares do Baep (Batalhão de Ações Especiais da Polícia) horas antes de ser encontrado morto, na noite da última sexta-feira (24), foi arrancada.

O equipamento de monitoramento foi destruído menos de dois minutos depois de policiais militares passarem em frente.

Leia também: Polícia afasta 12 PMs investigados por morte de jovem ambulante

David, que era conhecido como Dede na região onde morava, no Jaguaré (zona oeste de São Paulo), foi encontrado morto na noite de sexta-feira (24), em uma comunidade próxima a que residia.

Horas antes de ser encontrado morto, a câmera de segurança que foi arrancada menos de 24 horas depois, captou o jovem sendo abordado por policiais militares. David estava aguardando a chegada de um lanche que havia pedido pelo aplicativo de comida iFood e, depois de comer, iria para casa da namorada assistir filmes, conforme apurou a reportagem.

De acordo com amigos e familiares, David foi encontrado com sinais de tortura e tiros no peito e na cabeça. Exames necroscópicos ainda devem apontar as lesões sofridas pelo jovem.

O R7 questionou a Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e a Polícia Militar sobre as novas imagens. Em resposta, a pasta disse que "a Corregedoria da PM apura todas as circunstâncias relacionadas a ocorrência por meio de inquérito policial militar".

Disse ainda que "doze agentes foram afastados do policiamento operacional". O caso é investigado pelo 93º DP (Jaguaré).

Últimas