São Paulo Chuva alaga ponto da 23 de Maio e deixa SP em estado de atenção

Chuva alaga ponto da 23 de Maio e deixa SP em estado de atenção

Centro de gerenciamento da prefeitura emitiu alerta para todas as regiões da capital, que também teve 18 quedas de árvore

  • São Paulo | Do R7, com informações da Agência Record

Alagamento causou trânsito na avenida 23 de Maio

Alagamento causou trânsito na avenida 23 de Maio

Reprodução/CET - 14/03/2022

As fortes chuvas desta segunda-feira (14) deixaram a cidade de São Paulo em estado de atenção e chegaram a alagar até a avenida 23 de Maio, na zona sul da capital paulista, no sentido Santana-Aeroporto. O CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências Climáticas), da prefeitura, emitiu alerta para potencial de alagamento das 12h21 às 16h38 nas zonas sul, leste, oeste e norte e nas marginais Tietê e Pinheiros. 

A avenida ficou intransitável com o volume de água, mas a situação foi normalizada. O CGE registrou outros cinco pontos de alagamento, que já estão inativos. Segundo o último boletim do órgão, a avenida Padre Sena Freitas, na zona leste, ficou interditada nos dois sentidos por conta das chuvas.

Já o Corpo de Bombeiros registrou 49 quedas de árvore, 27 enchentes e sete deslizamentos ou desmoronamentos nesta segunda-feira. 

Na rua das Flechas, próximo ao Aeroporto de Congonhas, a chuva revoltou os moradores, que pretendem realizar uma manifestação por causa dos constantes alagamentos na região. Na tarde desta segunda-feira (14), mesmo depois de uma chuva muito rápida, a rua novamente alagou e causou transtornos para moradores da região.

A portaria de um condomínio, localizado no número 649, ficou totalmente alagada. Todas as correspondências recebidas nesta segunda-feira foram comprometidas e ficaram molhadas. Carros que tentaram passar no alagamento ficaram ilhados.

Rua das Flechas, próximo ao Aeroporto de Congonhas

Rua das Flechas, próximo ao Aeroporto de Congonhas

Arquivo Pessoal - 14/03/2022

*Colaboraram André Carvalho e Geovanna Hora 

Últimas