Em quatro dias de Carnaval, mais de 1.300 pessoas são presas em SP

Período resultou na apreensão de 142 celulares. Também foram recuperados 270 veículos e apreendidas 1,1 tonelada de drogas e 93 armas de fogo

Operação Carnaval Mais Seguro levou às ruas 22 mil policiais por dia

Operação Carnaval Mais Seguro levou às ruas 22 mil policiais por dia

Reprodução/ Record TV

Desde a madrugada da última sexta-feira (21), 148,5 mil pessoas foram abordadas, e desse número, 1.324 foram presas, até o início desta terça-feira (25). A Operação Carnaval Mais Seguro levou às ruas, diariamente, uma média de 22 mil policiais em todo o Estado para garantir a segurança.

Entre as ocorrências de destaque está a prisão de três homens na noite desta segunda-feira (24), na região do Brás. O trio foi flagrado tentando dispensar R$ 1.800 e uma bolsa com 52 celulares que supostamente seriam produtos de roubo ou furto.

Leia também: São Paulo recolhe 456,5 toneladas de lixo durante festas de Carnaval

Dois aparelhos foram devolvidos às vítimas e o restante apreendido para perícia. Os suspeitos foram autuados em flagrante por receptação e associação criminosa. A ocorrência foi registrada no 78° Distrito Policial (Jardins).

Com esse caso, as atividades policiais no período resultaram na apreensão de 142 celulares, sendo 75 devolvidos aos respectivos proprietários. Também foram recuperados 270 veículos e apreendidas 1,1 tonelada de drogas e 93 armas de fogo ilegais.

Leia também: Secretário de Cultura de SP diz que Carnaval tem 'problemas pontuais'

Para garantir a segurança no trânsito, os agentes também realizaram fiscalizações de 100,3 mil veículos. Os condutores foram submetidos ao teste do etilômetro. Ao todo, 4.096 foram autuados, sendo 1.120 por dirigir sob influência álcool ou substâncias psicoativas, 2.919 por se recusar a realizar o teste e 57 flagrantes pelo artigo 306, do Código Brasileiro de Trânsito