São Paulo Fala de Bia Doria foi "tirada de contexto", afirma governo de SP

Fala de Bia Doria foi "tirada de contexto", afirma governo de SP

Primeira-dama e presidente do Fundo Social afirmou em vídeo que moradores de rua têm que ter responsabilidades e estão lá porque gostam da rua

  • São Paulo | Do R7

Bia Doria fala que moradores estão nas ruas porque gostam

Bia Doria fala que moradores estão nas ruas porque gostam

Reprodução/Instagram

Depois de a socialite Val Marchiori e a presidente do Conselho do Fundo Social de São Paulo, Bia Doria, serem alvo de duras críticas nas redes sociais ao comentar a situação de moradores de rua, o Governo de São Paulo se posicionou e afirmou, em nota, que a fala da primeira-dama foi "tirada de contexto".

Em um vídeo divulgado nesta sexta-feira (3), Bia Doria afirma que "não é correto chegar na rua e dar marmita [para moradores de rua], porque a pessoa tem que se conscientizar que ela tem que sair da rua. A rua hoje é um atrativo, a pessoa gosta de ficar na rua".

Leia mais: Capital de SP estuda antecipar reabertura de academias e cinemas

Val então diz estar surpresa ao saber que "eles não querem ir para o abrigo, porque eles têm horário para entrar, limpeza e responsabilidades".

A primeira-dama, que é responsável por projetos sociais na gestão Doria, ainda ressalta, na gravação, que "a pessoa quer comida, roupa, quer uma ajuda e não quer ter responsabilidade e isso está muito errado, se a gente quer viver num país onde todos têm suas responsabilidades."

Veja também: Lar de idosos registra 6ª morte por covid-19 em Tabapuã (SP)

Ao concordar com o pensamento, as duas concluem: "Nós temos nossas contas. Todo mundo tem suas responsabilidades e o povo fala, viu!".

Em nota, o governo de São Paulo informou que a fala de Bia Doria "foi tirada do contexto e enfatizou que a sua intenção é que as pessoas em situação de rua tenham acesso aos abrigos públicos, onde terão alimentação de qualidade dentro das normas de higiene da Vigilância Sanitária, e uma condição de vida mais digna. Ou mesmo nos Restaurantes Bom Prato, que recentemente decretaram gratuidade aos moradores de rua".

Leia ainda: 'Jamais condenar por antecipação', diz Doria sobre ação contra Serra

Ainda na nota o governo destaca que à frente do Fundo Social de Solidariedade, Bia Doria "desenvolve uma série de ações em benefício dos mais necessitados, participando ativamente na execução das ações em campo, como a campanha Inverno Solidário, que já distribuiu milhares de cobertores, e a distribuição de cestas básicas em comunidades carentes".

Após a polêmica, as duas foram criticadas nas redes sociais e ficaram entre os assuntos mais comentados do Twitter.

Veja o vídeo:

Últimas