São Paulo Jovens são agredidos por dono de bar durante Carnaval de São Paulo

Jovens são agredidos por dono de bar durante Carnaval de São Paulo

Rapaz, que estava com a irmã mais nova, usava uma roupa de temática LGBT e maquiagem. Ele acredita que a agressão teve motivação homofóbica

Foliões foram agredidos por dono de bar na República, centro de SP

Foliões foram agredidos por dono de bar na República, centro de SP

Reprodução/Google Street View

Um radialista de 29 anos foi agredido por um proprietário de bar, por volta das 19h desta segunda-feira (24), na Rua Martins Fontes, no bairro da República, centro de São Paulo.

Leia também: Três pessoas são esfaqueadas em bloco de Pinheiros, zona oeste de SP

A Polícia Militar foi acionada e a vítima compareceu à delegacia, acompanhada da irmã, de 20 anos. Segundo eles, durante o bloco "Sai Hétero", a jovem foi usar o banheiro de um bar e alegou que consumia produtos do estabelecimento. Após o retorno da irmã, o radialista também foi até o bar utilizar o banheiro, mas teve a entrada proibida pelo proprietário, que barrou o rapaz com uma vassoura.

Diante da negativa, o rapaz se retirou, mas foi puxado pelos cabelos e atingido por dois golpes de madeira na cabeça. A jovem tentou defender o irmão e também foi atingida com pauladas no braço e no abdômen. O radialista postou um vídeo em sua rede social denunciando o ocorrido.

Leia também: Baleado em bloco de Carnaval em SP tentava furtar autor de disparo

O rapaz estava fantasiado com uma roupa de temática LGBT e maquiado. Ele acredita que a agressão teve motivação homofóbica. O jovem foi socorrido no Hospital São Camilo Pompeia. Os dois irmãos manifestaram intenção de processar criminalmente o agressor.

Um exame pericial foi solicitado ao IML e o caso registrado como lesão corporal no 1º DP de Mauá e encaminhado para o 4º DP (Consolação), onde será investigado.

Últimas