Julgamento de réus em caso de família carbonizada começa hoje

Acusados de matar e colocar fogo nos corpos da família Gonçalves, no ABC Paulista, serão interrogados por videoconferência nesta terça (22)

Corpos da família Gonçalves foram encontrados dentro de um carro em chamas

Corpos da família Gonçalves foram encontrados dentro de um carro em chamas

Reprodução/ Record TV

Réus acusados de matar e colocar fogo nos corpos da Família Gonçalves em São Bernardo do Campo serão interrogados por videoconferência nesta terça-feira (22), em uma audiência de instrução debates e julgamento. Romuyuki Gonçalves, Flaviana Gonçalves e o filho Juan Gonçalves foram mortos em janeiro pela própria filha do casal e a namorada, acompanhadas de outros três homens.

Leia também: Laudo preliminar aponta que família foi morta a pauladas em SP

A sessão será presidida pelo Juiz Lucas Tambor Bueno, da Vara de Júri e Execuções do Foro de Santo André, a partir das 13h30, por videoconferência pelas medidas adotadas para evitar aglomeração durante a pandemia da covid-19.

Todos os cinco réus serão ouvidos, sendo eles a filha das vítimas, Anaflávia Martins Gonçalves, a namorada dela, Carina Ramos de Abreu, além dos dois irmãos, Juliano Oliveira Ramos Júnior e Jonathan Fagundes Ramos, que são primos de Carina, e Guilherme Ramos da Silva, vizinho dos irmãos.

Leia também: 'Não precisava fazer crueldade', diz parente de família morta no ABC

Serão ouvidas também testemunhas, promotores do MP (Ministério Público) e a defesa dos cinco réus.