São Paulo Mãe de grávida desaparecida em São Paulo diz estar sem esperança de encontrar a filha com vida

Mãe de grávida desaparecida em São Paulo diz estar sem esperança de encontrar a filha com vida

Thainá Krishna Russo foi vista pela última vez em 1° de maio. Ela saiu de casa para revelar ao namorado que não faria o aborto

  • São Paulo | Do R7, com Record TV

Resumindo a Notícia
  • Thainá Krishna Russo, grávida de 2 meses, está desaparecida desde 1° de maio.

  • A mãe dela revelou estar sendo esperança de encontrá-la com vida.

  • Thainá teria saído para contar ao namorado que não faria o aborto, conforme pedido dele.

  • Segundo a mãe da vítima, namorado a matou porque não queria ter o filho e sumiu com o corpo.

Thainá está desaparecida desde 1° de maio

Thainá está desaparecida desde 1° de maio

Reprodução/Record TV

A mãe de Thainá Krishna Russo, desaparecida desde 1° de maio, revelou, em entrevista à Record TV, estar sem esperança de encontrar a filha com vida. A jovem, de 27 anos, estava grávida de um mês e desapareceu após ir à casa do namorado informar que não abortaria a criança, indo contra ao desejo dele.

O namorado de Thainá, identificado como Matheus Alecrim, é, até o momento, o único suspeito do desaparecimento da jovem, de acordo com a delegada-chefe da DHPP (Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa), Ivalda Aleixo. O homem já teria agredido a namorada certa vez.

Aos prantos, Elaine de Angelo, que é mãe da vítima, revelou que quando Matheus descobriu sobre a gravidez, pediu para que a namorada não tivesse a criança. Segundo ela, duas ex-namoradas dele teriam sido ameaçadas também ao descobrirem uma gestação, mas atenderam o pedido dele e abortaram, por isso continuaram com vida.

"Na minha opinião, elas estão vivas porque aceitaram abortar. Minha filha não quis e está morta", mencionou.

A polícia chegou a fazer buscas em uma área de mata em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, mas não encontrou pistas sobre o paradeiro de Thainá. Matheus está preso preventivamente. As investigações apontaram que ele esteve na região no dia seguinte do desaparecimento da jovem.

O caso segue sendo investigado pelo DHPP.

·         Compartilhe esta notícia no Whatsapp
·         Compartilhe esta notícia no Telegram

Últimas