São Paulo MP denuncia homem que fez ofensa racista a motoboy em Valinhos (SP)

MP denuncia homem que fez ofensa racista a motoboy em Valinhos (SP)

Promotoria requer que autor das ofensas pague um valor determinado pelo Judiciário por danos morais causados ao entregador e à coletividade

  • São Paulo | Do R7

Morador de condomínio de luxo ofendeu entregador em Valinhos (SP)

Morador de condomínio de luxo ofendeu entregador em Valinhos (SP)

Reprodução/Twitter

A Promotoria de Justiça da cidade de Valinhos, no interior de São Paulo, denunciou Matheus Abreu Almeida Prado Couto, que fez ofensas racistas ao entregador Matheus Pires Barbosa em julho passado. O caso veio à tona em agosto, quando o vídeo sobre o caso foi amplamente compartilhado nas redes sociais.

Regina Mondin, promotora do Ministério Público de São Paulo e responsável pela denúncia, cita termos ofensivos durante a conversa do morador do condomínio com o motoboy, “com a intenção não só de desqualificar e humilhar o entregador, mas de afirmar sua superioridade e subjugar todos os integrantes da população negra”.

Nas imagens compartilhadas pela internet, em trecho do vídeo, o homem aponta para a própria pele e, na sequência, diz: “você tem inveja disso aqui também”.

Veja também: Paulistanos cobram política contra racismo de aplicativos, diz pesquisa

Segundo a Promotoria, Matheus Prado agiu “com a mesma intenção discriminatória de raça e cor, em menosprezo à população negra, cuspiu no entregador e, com deboche, imitou um macaco/gorila, batendo em seu próprio peito e fazendo sinais e sons, comportando-se como o animal”.

O órgão paulista ainda requereu que o autor das ofensas seja obrigado a pagar um valor determinado pelo Judiciário por danos morais causados ao motoboy e à coletividade.

Últimas