São Paulo Segurança é morto durante assalto na Cracolândia, em São Paulo 

Segurança é morto durante assalto na Cracolândia, em São Paulo 

João da Silva Sousa estava indo trabalhar quando foi atacado por um homem e reagiu ao roubo

  • São Paulo | Do R7, com informações do Cidade Alerta

O segurança João, morto na Cracolândia

O segurança João, morto na Cracolândia

Reprodução/Record TV

Um segurança de 54 anos morreu durante um assalto na região da Cracolândia, no centro de São Paulo, no início da noite de terça-feira (15).

O latrocínio ocorreu em um dia marcado por tumultos na região. À noite, guardas-civis metropolitanos dispersaram os usuários de drogas com bombas.

Segundo o boletim de ocorrência, João da Silva Sousa estava indo trabalhar quando foi atacado por um homem, aparentemente um frequentador da Cracolândia. João teria resistido ao assalto e não entregou sua mochila, sendo esfaqueado em seguida.

A mulher de João, Maria José, afirmou ao Cidade Alerta que o casal vivia havia 28 anos na região da Cracolândia. Ela conta que se despediu do marido pouco antes da morte dele. “Acompanhei até a porta, falei se cuida, vai na fé, vigia e tem cuidado. Ele falou, ‘amanhã estou aí, 7h’”. João, no entanto, não voltou.

João atuava como segurança na rua José Paulino. Fazia rondas noturnas, mas estava com medo de ficar à noite na rua. A família planejava se mudar para Poços de Caldas (MG).

Outro morador da região também foi roubado na noite de terça-feira e teve o celular levado por três assaltantes.

Invasão de usuários de drogas põe em alerta comerciantes do Centro

Últimas