Coronavírus Taxa de transmissão da covid-19 sobe e volta à fase amarela em BH

Taxa de transmissão da covid-19 sobe e volta à fase amarela em BH

Índice Rt volta à fase amarela e indica expansão dos casos de covid-19 na capital mineira; ocupação de UTIs está em 80,5%

  • Coronavírus | Lucas Pavanelli, do R7

Taxa de contaminação pelo coronavírus está em expansão em BH

Taxa de contaminação pelo coronavírus está em expansão em BH

Reprodução/RecordTV Minas

Após 11 dias, o índice de transmissão do coronavírus em Belo Horizonte voltou à fase amarela, indicando que há uma expansão no número de casos da doença na capital mineira. De acordo com o primeiro boletim epidemiológico do ano, divulgado pela prefeitura, o índice conhecido como Rt saltou de 0,97 para 1,06 entre a última quinta-feira (31) e esta segunda-feira (4). 

Isso significa que cada grupo de 100 pessoas infectadas transmite o coronavírus para 106 pessoas e não mais para 97 pessoas, como era até a semana passada. 

Com isso, a capital mineira tem dois indicadores na fase amarela e um na fase vermelha. A taxa de ocupação dos leitos de enfermaria reduziu de 66,1% para 64,2% no mesmo período. Já a ocupação dos leitos de terapia intensiva, oscilou de 80,3% para 80,5% e continua na fase vermelha. 

Os novos indicadores reforçam a possibilidade de haver um novo fechamento de comércio na capital mineira. Na última quarta-feira (30), o prefeito Alexandre Kalil (PSD) afirmou que daria prazo de uma semana para avaliar os indicadores da covid-19 em Belo Horizonte para definir as ações de restrição ao funcionamento de estabelecimentos comerciais na cidade.  

Com a piora no indicador que mede a taxa de transmissão do vírus, é possível que alguma medida possa ser anunciada ainda nesta semana. 

Outros números

De acordo com o boletim epidemiológico da prefeitura, já foram confirmados 64.350 casos de covid-19 e 1.895 pessoas já morreram. 

Últimas