Saúde Fiscalização interdita farmácia de manipulação em SP que vendia medicamentos irregularmente

Fiscalização interdita farmácia de manipulação em SP que vendia medicamentos irregularmente

Agentes da Vigilância Sanitária encontraram estoque com aproximadamente 1 milhão de ampolas e frascos prontos para uso

  • Saúde | Do R7

Uma fiscalização da Vigilância Sanitária interditou uma farmácia de manipulação em São Caetano do Sul, na Grande São Paulo, onde foi encontrado cerca de 1 milhão de frascos e ampolas estéreis com "diversas associações medicamentosas".

Em nota, a Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) afirma que essa ação faz parte de uma intensificação das inspeções nesse tipo de estabelecimento em todo o país, que incluíram até o momento, além de São Paulo, os estados da Bahia e Santa Catarina — de dez locais visitados, sete foram fechados.

Dentre os produtos vendidos irregularmente, estavam "emagrecedores, hormônios esteroides, redutores de medidas corpóreas e preenchedores estéticos", diz o órgão.

Remédios eram fabricados e vendidos sem autorização

Remédios eram fabricados e vendidos sem autorização

Freepik

A farmácia de São Caetano do Sul foi descrita pela Anvisa como "um caso de desvio completo da atividade licenciada para o estabelecimento, que fabricava, sem a devida autorização, produtos em larga escala".

Segundo o órgão fiscalizador,  "as empresas interditadas descumpriam a legislação em pontos críticos, como esterilidade, controle de qualidade e origem dos insumos", algo que "põe em risco a saúde dos consumidores, uma vez que tais produtos estão fora dos padrões de qualidade e, portanto, são impróprios para o consumo".

Deficiência de biotina pode causar queda de cabelo; saiba em quais alimentos encontrá-la

Últimas