Saúde Leite integral é mais saudável que o desnatado. Entenda o motivo 

Leite integral é mais saudável que o desnatado. Entenda o motivo 

Pessoas que consomem alimentos integrais têm menos risco de desenvolver doenças 

Leite integral é mais saudável que o desnatado. Entenda o motivo 

As gorduras não processadas são as mais saudáveis

As gorduras não processadas são as mais saudáveis

Reprodução

Você sempre escolhe o leite desnatado em vez do integral? Saiba que estudos modernos de renomados centros de pesquisa provam que o consumo de leite integral pode ser muito mais benéfico para a saúde do que a opção com menos gorduras.

Além disso, as pessoas que consomem produtos lácteos integrais pesam menos e são menos propensos a desenvolver doenças de coração e até mesmo diabetes, do que aquelas que optam pelos lights e diets. O motivo é que, ao priorizar reduzir as gorduras naturais dos alimentos, as pessoas começaram a consumir mais açúcar a carboidratos em contrapartida.

De acordo com o médico e presidente do Ineodoc (Instituto Nacional de Estudos da Obesidade e Doenças Crônicas), Patrick Rocha, existe sim desinformação sobre o assunto, o que tem contribuído significativamente com a epidemia da obesidade globalmente.

— O melhor caminho para uma alimentação saudável não tem tanto a ver com a diminuição do consumo de gorduras de forma generalizada, como nas últimas décadas tentou-se estigmatizar. Mas tem a ver, principalmente, com a qualidade das gorduras que são consumidas. É preciso eliminar do dia a dia, o açúcar e o trigo e adicionar à rotina alimentar gorduras estratégicas para o organismo e proteínas de alto valor biológico.

Leite melhora a dor de estômago? Veja mitos e verdades sobre a gastrite

A lógica de consumir gorduras consideradas estratégicas é a mesma no caso do leite, de acordo com o médico. Para Rocha, o leite integral não é uma boa opção para quem está acima do peso e sofre com diabetes, não por conta das gorduras naturais que contém, mas sim por causa da lactose, que no organismo funciona como o açúcar e eleva a insulina no sangue.

— Tanto o problema não são as gorduras do leite, que os derivados do integral são considerados altamente nutritivos e podem inclusive ajudar a emagrecer. O Iogurte integral, coalhada integral, queijos integrais e o Kefir, por exemplo, são alguns dos alimentos derivados e são excelentes opções por estimular o bom funcionamento da flora intestinal e proporcionar sensação de saciedade.

Os leites com baixo teor de gordura, os desnatados, começaram a conquistar popularidade no início da década de 1960. Na época, houve um movimento muito forte nos Estados Unidos contra o consumo das gorduras saturadas, apontadas na época como responsáveis por  levar ao ganho de peso e potencializar  doenças cardíacas.

O médico disse que vivemos um momento de transformações, principalmente, pelo fato das pessoas terem mais acesso a informação e essa pode representar uma das maiores revoluções.

— Os mais recentes estudos tornam evidente que as gorduras não processadas são as mais saudáveis. Além disso, acredito que e a chave para uma mudança é começarmos a olhar para a alimentação não apenas no tratamento de doenças, mas, principalmente, na prevenção. É essencial começar a conscientizar e educar as pessoas sobre importância dos hábitos alimentares em uma vida com menos doenças.

    Access log