Conheça os principais tipos de dor de cabeça

Cefaleia tensional ou enxaqueca? Saiba as diferenças e entenda como tratar esse mal

Dor de cabeça é um sinal de alerta para o corpo de que o organismo não está bem

Dor de cabeça é um sinal de alerta para o corpo de que o organismo não está bem

Pixabay

Dor de cabeça ou cefaleia é um mal que atinge mais de 50% das pessoas ao longo da vida, em algum momento. O desconforto pode ter início na adolescência ou fase adulta, sendo uma exceção a ocorrência em crianças. Tratando-se de um problema considerado comum, muitas vezes chega a ser ignorado ou tratado com receitas caseiras e sem acompanhamento médico. Um risco, apesar de nem todos os tipos apresentarem gravidade.

Assim como a febre, a dor de cabeça é um sintoma de que algo não vai bem no organismo. Pode significar um princípio de desidratação, mas também pode ser o indício de alguma doença neurológica que necessita maior investigação. Deixar o problema de lado ou recorrer somente à automedicação, não são opções viáveis. Embora muitas pessoas recebam diagnósticos com tratamento simples, é sempre bom lembrar que a palavra do especialista é fundamental para determinar o tratamento e buscar o alívio imediato.

Entre os tipos mais comuns já classificados, estão:
• Dor de cabeça tensional: causada pela rigidez em áreas como rosto, pescoço ou couro cabeludo;
• Enxaqueca: uma dor intensa e pulsante, que pode ocorrer em apenas um dos lados e acompanhada de vômitos, tonturas e alta sensibilidade à luz;
• Derivada da sinusite: por se tratar de uma inflamação nos seios nasais, a sinusite pode acarretar dores de cabeça, ao redor do nariz e acima dos olhos;
• Cefaleia em salvas: rara, forte e pulsante, é mais forte do que uma enxaqueca e atinge apenas um dos lados da face e do olho.

Um problema “comum”
Estudos da Sociedade Internacional de Neurologia já constataram que existem mais de 300 tipos diferentes de dor de cabeça, classificados por gravidade e recorrência. É um dos problemas mais comuns na área de saúde e, de acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), 75% da população entre 18 e 65 anos terão ao menos uma dor de cabeça no período de um ano.
Já a Academia Brasileira de Neurologia divulgou que 93% dos brasileiros já sofreram com essa condição e desses, 31% deveriam fazer algum tratamento médico relacionado. As causas variam bastante, entre elas:
• Calor excessivo, que pode resultar em desidratação;
• Problemas de visão, como astigmatismo ou miopia;
• Ansiedade, fadiga ou estresse;
• Má alimentação;
• Gripes, resfriados e sinusites;
• Bruxismo ou alterações hormonais.

Existem muitos princípios ativos e medicamentos que ajudam a remediar o problema. Eles devem ser administrados com cautela e sempre com conhecimento médico, para evitar efeitos colaterais e superdosagem. A Neo Química distribui medicamentos genéricos de qualidade e também produtos de marca própria, como a Doralgina, que atua no alívio rápido das dores de cabeça. Para mais informações, consulte sempre um especialista.

Neo Química. Sua saúde é nossa vocação.

Referências consultadas:
Canteras C [Internet]. Portal R7. Existem 150 tipos de dores de cabeça. Saiba as principais causas. Disponível em: https://noticias.r7.com/saude/existem-150-tipos-de-dores-de-cabeca-saiba-as-principais-causas-19052021. Acesso em 13/12/2021.

Programa Hoje em dia [Internet]. Portal R7. Conheça diferentes tipos de dor de cabeça e tratamentos recomendados. Disponível em https://recordtv.r7.com/hoje-em-dia/videos/conheca-diferentes-tipos-de-dor-de-cabeca-e-tratamentos-recomendados-14102018. Acesso em 13/12/2021.

Neumam C [Internet]. Portal R7. Saiba como diferenciar e tratar os diferentes tipos de dor de cabeça. Notícias R7. Internet. Disponível em: http://noticias.r7.com/saude/noticias/saiba-como-diferenciar-e-tratar-os-diferentes-tipos-de-dor-de-cabeca-20120512.html?question=0. Acesso em 13/12/2021.

Últimas