Tecnologia e Ciência Dados de 9 mil passageiros foram roubados de companhia aérea

Dados de 9 mil passageiros foram roubados de companhia aérea

Cathay Pacific descobriu uma brecha de segurança que vazou nome, telefone e número do passaporte de seus clientes

Dados de mais de 9 mil passageiros da Cathay Pacific foram roubados

Dados de mais de 9 mil passageiros da Cathay Pacific foram roubados

Divulgação

A empresa aérea asiática Cathay Pacific descobriu uma falha de segurança que permitiu que informações pessoais dos passageiros fossem vazadas. Foram roubados dados como nome, telefone, nacionalidade, e-mail e número de passaporte de 9,4 mil clientes.

Leia também: Hacker explica como contas de WhatsApp podem ser invadidas

"Nós estamos entrando em contato com os passageiros afetados por diversos canais de comunicações e informando o que deve ser feito para eles se protegerem", escreveu a empresa em uma nota oficial.

Os dados de cerca de 400 cartões de créditos também foram hackeados, mas a Cathay Pacific afirma que eram registros antigos e que já estavam vencidos. Os cartões que ainda estavam ativos não tiveram os números CVV obtidos, que é necessário para realizar compras e transações.

Veja também: Apple e Samsung são multadas por atualizações que afetam celulares

Em um vídeo publicado na página oficial da empresa, o CEO Rupert Hog pediu desculpas e disse que não foi encontrada nenhuma evidência de uso indevido dos dados corrompidos. 

A brecha identificada no sistema não interfere nas operações nos aeroportos por ser um sistema separado do utilizado para cadastros dos passageiros, explicou a companhia no comunicado.

Últimas