Tecnologia e Ciência Golpe do Dia dos Pais atrai vítimas com páginas falsas no Facebook

Golpe do Dia dos Pais atrai vítimas com páginas falsas no Facebook

Promoção de TVs 4K e de smartphones de última geração são as iscas usadas por cibercriminosos para roubar dados bancários e do cartão de crédito

Golpe no Facebook

Cibercriminosos usam promoções do Dia dos Pais para aplicar golpe bancário

Cibercriminosos usam promoções do Dia dos Pais para aplicar golpe bancário

Pixabay

Um novo golpe começa a circular pelas redes sociais conforme a proximidade de uma nova data comemorativa. Isso porque a busca por presentes, descontos ou brindes faz muitos internautas desatentos clicarem em links e propagandas falsas.

O Dia dos Pais será no dia 12 de agosto, mas uma ação em massa no Facebook já atua para atrair novas vítimas para um golpe bancário. Ao longo dos últimos sete dias, o dfndr lab, especializado em cibersegurança, identificou 60 páginas falsas na rede social, que se aproveitam do nome de diversas lojas famosas para passar credibilidade.

Preço mais baixo do que a média é a isca para atrair a atenção dos internautas

Preço mais baixo do que a média é a isca para atrair a atenção dos internautas

Reprodução

As cores e os logos são copiados para que seja difícil perceber que a página exibida na tela não é a oficial. Até mesmo o serviço de autoatendimento no Facebook Messenger, com respostas automáticas de robôs, tem uma versão criada pelos cibercriminosos. Um ponto em comum de todas as páginas criadas é que o nome da loja é substituído por "Mês dos pais", "especial dia dos pais" ou "Black Friday Dia dos Pais.

Foram identificadas mais de 60 páginas falsas no Facebook nos últimos dias

Foram identificadas mais de 60 páginas falsas no Facebook nos últimos dias

Reprodução

O preço mais baixo do que a média para TVs 4K e smartphones de última geração chamam a atenção dos consumidores. Uma página falsa é aberta assim que o link falso é clicado. Ao inserir todos os dados do cartão de crédito e, supostamente, concluir a compra, tudo é enviado para os golpistas.

Para se proteger desse tipo de crime virtual o ideal é não clicar em links recebidos pelas redes sociais ou por aplicativos de mensagens. Para ter certeza de que é uma tentativa de golpe e não de uma promoção, acesse o site oficial da empresa e confirme as informações recebidas.

Leia também:

Fuja de golpes no WhatsApp! Saiba os sinais de uma mensagem falsa