Internacional

25/2/2013 às 16h57

Blogueira culpa Embaixada de Cuba pelos protestos contra ela no Brasil

Segundo elas, autoridades cubanas inflamaram protestos em sua passagem pelo País

Carlyle Jr., do R7, no Rio

Yoani participou hoje de um café da manhã com jornalistas no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio, onde está hospedada desde a tarde de sábado Carlyle Jr./R7

A blogueira Yoani Sánchez culpou a Embaixada de Cuba pelos protestos contra ela em sua viagem ao Brasil. A escritora, que ficou conhecida por denunciar os abusos da ditadura dos irmãos Castro na internet, enfrentou manifestações em favor do governo cubano em Recife, Salvador, Feira de Santana, Brasília e São Paulo.

Além de ser acusada de mercenária, ela ainda ouviu gritos como “sai fora blogueira imperialista, a América Latina vai ser toda comunista”. Na tentativa de desmoralizá-la, as autoridades cubanas, segundo a blogueira, podem ter municiado os manifestantes brasileiros.

— Os protestos têm o braço de Cuba. Sou uma pessoa pacífica. Os protestantes agiam com agressividade como se tivessem sido ordenados por terroristas. Eu só apresentei argumentos enquanto, da parte dos manifestantes, só ouvia-se palavras de ordem.

Segundo uma denúncia da revista Veja, um funcionário da Secretaria Geral da Presidência, aliado a militantes do PT, teria montado um esquema para espionar os passos da blogueira e difamá-la no Brasil. 

Em nota, o Planalto confirmou que um servidor do órgão recebeu na Embaixada de Cuba um CD com informações sobre Yoani Sánchez, mas não teria feito uso do material.

Ditadura deve cair nos próximos cinco anos, diz Yoani

Após tumulto, evento com Yoani Sánchez é suspenso em São Paulo

O deputado federal Otavio Leite (PSDB-RJ), que ciceroneou a blogueira em Brasília e no Rio, diz que já protocolou um pedido na Câmara dos Deputados para que o ministro da Secretaria Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, e o ministro das Relações Exteriores, Antonio Patriota, esclareçam o episódio.

— Os protestos foram articulações previamente organizadas para difamá-la no Brasil.

O deputado acompanhou mais uma vez Yoani em seu segundo dia de visita ao Rio. Nesta segunda-feira (25), a cubana participou de um café da manhã com jornalistas no Hotel Windsor, na Barra da Tijuca, zona oeste, onde está hospedada há três dias.

A blogueira confessou que a sua passagem pela Cidade Maravilhosa foi a melhor parte de sua viagem  ao Brasil.

— O Rio me recebeu muito bem. Eu gostei da solidariedade do povo daqui, além da beleza da cidade.

A escritora aproveitou o dia de sol no domingo para conhecer os cartões-postais da cidade, como a praia de Copacabana e o bondinho do Pão de Açúcar, na zona sul.

Apesar de ouvir gritos como "viva Fidel" na orla carioca, a blogueira não chegou a enfrentar protestos em outras cidades do País.

Pelo Twitter, Yoani escreveu na tarde de hoje que já sentia falta dos protestos.

— Faz dois dias que sinto falta dos manifestantes contra mim. Não se manifestaram no Rio de Janeiro. O que aconteceu? Não pagaram passagem para vocês?

Blogueira diz que ditadura dos Castro vai cair nos próximos cinco anos

Yoani Sánchez disse acreditar que a ditadura dos irmãos Castro deve vir abaixo nos próximos cinco anos. No domingo (24), a Assembleia Nacional de Cuba garantiu a permanência de Raúl Castro à frente do poder até 2018. Até lá, a dupla Raúl e Fidel Castro completará 59 anos no comando de Havana. 

O general assumiu o governo em 2008, quando o irmão Fidel, ícone da Revolução Cubana, ficou doente. Yoani diz que Raúl Castro deve seguir pelo mesmo caminho. Segundo ela, o presidente, que terá 86 anos no fim do mandato, não terá mais condições físicas e mentais para controlar a ilha.

— A ditadura em Cuba está muito ligada à figura desses dois homens [Fidel e Raúl Castro]. Por uma incapacidade física e mental, ele [Raúl Castro] não terá mais condições para controlar tudo. Então, abre-se a oportunidade para abertura econômica e política. 

"Brasil precisa ser mais duro com Cuba", diz Yoani Sánchez

Regime cubano agora quer matar minha imagem, diz Yoani no Brasil

Yoani admitiu que o governo de Raúl Castro está promovendo reformas que antes eram consideradas impossíveis, como a possibilidade de compra e venda de bens. No entanto, segundo a blogueira cubana, as mudanças apenas tratam de legalizar o que já ocorria na prática.

— Nesses mais de 50 anos, algumas coisas mudaram sim. Mas precisamos avançar mais. Cuba é um país que atravessa uma crise material muito grande. Faltam artigos essenciais para sobrevivência humana. É asfixiante!

A previsão é de que a blogueira deixe o Brasil na tarde desta segunda e viaje para a República Tcheca.

Reforma migratória

Yoani Sánchez é uma filóloga cubana, de 37 anos, e autora do blog Generación Y, crítico do governo de Cuba.

O Generación Y recebeu em 2008 o Prêmio Ortega y Gasset, do jornal espanhol El País, na categoria jornalismo digital. No mesmo ano, a revista Time selecionou Yoani como uma das cem pessoas mais influentes do mundo, e a rede de TV americana CNN elegeu seu blog entre os 25 melhores do planeta.

A viagem ao Brasil é o início de um giro de 80 dias por cerca de 12 países da América Latina e da Europa. Ela pretende viajar para México, Estados Unidos, República Tcheca, Itália, Espanha e Holanda, entre outros países.

Yoani pôde viajar graças a uma reforma migratória que entrou em vigor em 14 de janeiro e eliminou o visto de saída e a carta-convite que, por meio século, tornaram difícil e caro para os cubanos viajar ao exterior. Ela recebeu seu passaporte no último dia 31 de janeiro, após 20 pedidos negados para deixar o país.

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Homem das cavernas

Iraniano não toma banho há 60 anos e usa pedaço de cano como cachimbo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Desumano

Menino de 11 anos vive acorrentado como cachorro pela família na China

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!