Small-house Faça do R7.com sua página inicial

SIM NÃO

Internacional

25/2/2013 às 20h43 (Atualizado em 25/2/2013 às 20h44)

Resultado das eleições mostram Senado italiano sem maioria definida

Os resultados apontam para um empate entre as
principais forças políticas do país

Ansa

Italianos registraram seus votos no domingo (24) e nesta segunda-feira (25) AFP PHOTO/ Filippo MONTEFORTE

Os resultados definitivos das eleições gerais na Itália mostram um empate entre as principais forças políticas do país, além da falta de uma maioria na Câmara dos Deputados e no Senado para governar.

A coalizão de centro-direita do ex-primeiro-ministro Silvio Berlusconi, que as pesquisas apontavam como a possível grande derrotada dessas eleições, surpreendeu os analistas e conquistou a maioria relativa no Senado com 112 senadores.

Partido de Berlusconi surpreende e conquista maioria relativa no Senado, diz secretário

Neve e protesto contra Berlusconi marcam primeiras eleições de inverno da Itália

Feministas italianas protestam de topless contra Berlusconi no momento do voto

A bancada de centro-esquerda de Pier Luigi Bersani, tida como a grande favorita, chegou em segundo lugar, com 105 senadores.

Em terceiro lugar, ficou o M5S (Movimento 5 Estrelas), do comediante Beppe Grillo, partido anti-sistema que deterá 64 senadores.

Já o partido do primeiro-ministro Mario Monti, Escolha Cívica, contará com 20 senadores.

O número de senadores necessário para ter a maioria é de 158, uma cota que nenhuma bancada conseguiu alcançar e que leva a Itália para um período de incertezas políticas.

Entenda as eleições na Itália

Esses resultados também provocaram uma forte renovação na composição do Parlamento italiano. A grande maioria dos senadores do M5S, por exemplo, estão em sua primeira experiência política.

Por outro lado, políticos que ocuparam as cadeiras da Câmara e do Senado por até trinta anos, como o presidente e o ex-presidente da Câmara, Gianfranco Fini e Pier Ferdinando Casini, respectivamente, não foram reeleitos. Seus partidos, aliados à bancada de Mario Monti, sequer entraram no Parlamento, não tendo alcançado a porcentagem mínima necessária. 

Quer ficar bem informado? Leia mais

O que acontece no mundo passa por aqui

  • Espalhe por aí:

Veja também

Todas as notícias
Publicidade
Compartilhe
Verde-amarelo contagiante

Bandeiras e camisetas do Brasil se espalham pelo mundo

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Fé proibida

Conheça os países com maiores índices de perseguição religiosa

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Imagens do ano

Entre sorrisos e lágrimas: veja as imagens mais emocionantes de 2013

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
Compartilhe
Perturbador

Crimes brutais chocaram o mundo em 2013. Veja os casos mais macabros

  • Compartilhe no Facebook
  • Compartilhe no Twitter
  • Compartilhe no Google Plus
  • Últimas de Internacional

  • Últimas de Notícias

X
Enviar por e-mail
(todos os campos marcados com * são obrigatórios)
Preencha os campos corretamente.
Mensagem enviada com sucesso!