Belo Horizonte terá serviço de aluguel de bicicletas a partir deste sábado

Os moradores da capital terão 40 bicicletas disponíveis em quatro estações diferentes

Previsão é que até o fim do ano 400 bikes estejam disponíveis
Previsão é que até o fim do ano 400 bikes estejam disponíveis Record Minas

A partir deste sábado (7), os moradores de Belo Horizonte poderão alugar e compartilhar bicicletas. As bikes poderão ser retiradas, inicialmente, em quatro estações instaladas na capital.

De acordo com a prefeitura, 40 bicicletas estarão disponíveis. A previsão é que, até o fim do ano, o número aumente para 400. As estações também devem ser ampliadas, chegando a 40.

Leia mais notícias no R7 MG

Para utilizar as bicicletas, é preciso preencher um cadastro e pagar um valor diário de R$ 3, mensal de R$ 9 ou anual de R$ 60. As bicicletas estarão à disposição dos usuários todos os dias da semana, das 6h às 23h para retiradas, e até meia-noite para devoluções.

O Sistema de Bicicletas Compartilhadas irá permitir a utilização da bicicleta por até 60 minutos ininterruptos, de segunda-feira a sábado (exceto feriados), e por até 90 minutos ininterruptos, aos domingos e feriados, quantas vezes por dia o usuário desejar. Para isso, basta que, após estes prazos, o ciclista devolva o equipamento em qualquer estação por um intervalo de 15 minutos.

Para continuar utilizando a bicicleta, sem fazer a pausa, serão cobrados R$ 3 pelos primeiros 30 minutos excedidos e, depois, R$ 5 para cada novo intervalo de meia hora. Para destravar a bicicleta, o usuário pode usar o aplicativo Bike BH para smartphones ou ligar, do telefone celular, para o telefone 4003-9847 com custo de uma chamada local.
 
Confira os locais das estações:

• Praça Rui Barbosa (avenida Santos Dumont, em frente ao número 165, na esquina com a rua da Bahia)
• Mercado Central (avenida Augusto de Lima, em frente ao número 876, entre a rua Santa Catarina e a praça Raul Soares)
• Praça Afonso Arinos (área oposta à Escola de Direito da UFMG, na esquina com a avenida João Pinheiro)
• Praça da Liberdade (avenida João Pinheiro, em frente ao número 607, na Lanchonete Xodó, na esquina com a rua Gonçalves Dias)