Brasil As notícias mais importantes do dia 15 de abril de 2019

As notícias mais importantes do dia 15 de abril de 2019

O incêndio na Catedral de Notre Dame, em Paris, e a proposta do salário mínimo que não terá mais aumento real, só inflação, são destaques 

O incêndio que atingiu a Catedral de Notre Dame, em Paris, e o projeto de Orçamento para o ano que vem, com salarío mínimo de R$ 1.040, apenas com reposição da inflação, foram destaques. Confira essas e outras notícias a seguir:

Incêndio atinge Catedral de Notre Dame

O fogo se alastrou e chegou a pegar parte do telhado da Catedral, que estava em obras

O fogo se alastrou e chegou a pegar parte do telhado da Catedral, que estava em obras

Charles Platiau / Reuters - 15.4.2019

Um incêndio de grandes proporções atingiu a Catedral de Notre Dame, no centro de Paris, na França. De acordo com fontes dos bombeiros, o fogo pode estar relacionado a obras de restauração que estavam sendo feitas no edifício, que data de 1345. A Polícia de Paris, no entanto, diz que é cedo para identificar as causas do incêndio e assegura que, até o momento, não há registro de vítimas das chamas.

A torre principal e o teto foram as primeiras estruturas a cair durante o incêndio. O fogo se alastrou e chegou a pegar parte do telhado da Catedral, que também caiu. Os bombeiros e autoridades tentaram resgatar as artes e esculturas dentro da igreja, mas ainda não há informações do que foi resgatado.

Alckmin vira réu por improbidade administrativa

Além do ex-governador, ação inclui ex-tesoureiro, a Odebrecht e quatro ex-executivos

Além do ex-governador, ação inclui ex-tesoureiro, a Odebrecht e quatro ex-executivos

Fátima Meira/Futura Press/Estadão Conteúdo – 9.10.2018

O juiz federal Alberto Alonso Muñoz, da 13ª Vara da Fazenda Pública de São Paulo, abriu ação de improbidade administrativa contra o ex-governador Geraldo Alckmin, seu ex-tesoureiro de campanha Marcos Monteiro, a Odebrecht, e quatro de seus ex-executivos no caso que envolve supostos R$ 7,8 milhões para a campanha do tucano, em 2014. O magistrado também determinou o bloqueio de R$ 39,7 milhões dos investigados.

Ao oferecer ação civil pública contra o ex-governador, o promotor do Patrimônio Público e Social - braço do Ministério Público de São Paulo - Ricardo Manuel Castro apontou nove supostas entregas de dinheiro em hotéis de São Paulo para a campanha do tucano em 2014.

Governo propõe mínimo de R$ 1.040

Aumento real do salário mínimo era praticado desde 2011

Aumento real do salário mínimo era praticado desde 2011

Pixabay

A equipe econômica do governo Bolsonaro sugeriu o fim do aumento real do salário mínimo, que vinha sendo praticado desde 2011 pela política de valorização do mínimo instituída pela presidente Dilma Rousseff. O índice de reajuste do mínimo para os anos de 2020, 2021 e 2022 consta no PLDO 2020 (Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias), apresentando nesta segunda-feira (15) pelo Ministério da Economia.

A LDO ainda terá que ser aprovada pelo Congresso. A partir do ano que vem, o salário mínimo deve ser reajustado apenas pelo INPC, índice de inflação do ano anterior. Neste ano, o mínimo está em R$ 998. Pela proposta do governo, em 2020 o salário mínimo será de R$ 1.040, isso com a previsão do INPC para 2019 de 4,2%.

Delegado da PF vai presidir Inep

Elmer Coelho Vicenzi é delegado da PF há 13 anos, graduado em Direito com MBA pela FGV

Elmer Coelho Vicenzi é delegado da PF há 13 anos, graduado em Direito com MBA pela FGV

José Cruz/Agência Brasil

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, escolheu o delegado Elmer Coelho Vicenzi para a presidência do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira). O cargo estava vago desde 26 de março quando o professor Marcus Vinicius Carvalho Rodrigues foi demitido após polêmica sobre a suspensão de exames para avaliação da alfabetização de crianças de 7 anos. O nome de Elmer será anunciado em breve.

Elmer Coelho Vicenzi é delegado da Polícia Federal há 13 anos, graduado em Direito com MBA em Planejamento, Orçamento e Gestão Pública pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). Foi professor da Academia Nacional de Polícia e diretor do Denatran (Diretor do Departamento Nacional de Trânsito), onde gerenciou a implementação da Carteira Digital de Habilitação.

Museu dos EUA rejeita sediar homenagem a Bolsonaro

Bolsonaro vai receber o prêmio "Personalidade do Ano" da Câmara de Comércio Brasil-Estados

Bolsonaro vai receber o prêmio "Personalidade do Ano" da Câmara de Comércio Brasil-Estados

CESAR SALES/AM PRESS & IMAGES/ESTADÃO CONTEÚDO

O Museu de História Natural dos Estados Unidos, em Nova York, anunciou nesta segunda-feira (15) no Twitter que não sediará mais a homenagem ao presidente Jair Bolsonaro, que estava agendada para maio. Bolsonaro foi escolhido para receber o prêmio "Personalidade do Ano" da Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em jantar de gala, em 14 de maio.

"Com respeito mútuo pelo trabalho e pelos objetivos de nossas organizações individuais, concordamos em conjunto que o Museu não é o local ideal para o jantar de gala da Câmara de Comércio, que será realizado em um outro espaço", afirmou a instituição em nota na rede social. Desde a semana passada, o museu tem sido alvo de críticas pela homenagem ao brasileiro, principalmente por posições sobre políticas para o meio ambiente.

José Maria Marin é banido do futebol

Ex-presidente da CBF foi considerado culpado por participar de esquema de propinas

Ex-presidente da CBF foi considerado culpado por participar de esquema de propinas

Andrew Gombert/EFE - 13.4.2016

A Câmara de Julgamento do Comitê de Ética da Fifa anunciou nesta segunda-feira (15), que baniu o brasileiro José Maria Marin do futebol por violação do Código de Ética da entidade . O ex-presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol) foi considerado culpado por participar de esquema de recebimento de propinas entre 2012 e 2015. Marin também foi condenado a pagar multa de 1 milhão de francos suíços (R$ 3,86 milhões).

Segundo a investigação, Marin recebeu suborno por contratos de direitos de TV de competições de Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol), Concacaf (Confederação das Américas do Norte, Central e do Caribe de Futebol) e CBF.

Após acordo, CCJ analisa Orçamento antes da reforma

Reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, em Brasília

Reunião da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara, em Brasília

DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

Após um acordo fechado entre partidos do bloco da maioria, chamado Centrão, e da oposição, a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara aprovou um requerimento para inverter a ordem de votação na sessão desta segunda-feira.

Foram 50 votos favoráveis e cinco contrários. Assim, o colegiado analisa primeiro a proposta de emenda à Constituição (PEC) que trata do Orçamento Impositivo. A PEC da reforma da Previdência será analisada em seguida.