Brasília Bancadas do União no Congresso repudiam crítica de Gleisi ao ministro das Comunicações

Bancadas do União no Congresso repudiam crítica de Gleisi ao ministro das Comunicações

Juscelino Filho está no centro de algumas polêmicas desde que ocupou o cargo, no início do mandato de Lula

  • Brasília | Do R7

Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, em reunião no MCom

Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, em reunião no MCom

Isac Nóbrega / MCom - 30/1/2023

As bancadas do União Brasil na Câmara dos Deputados e no Senado Federal divulgaram nota, neste domingo (5), na qual repudiam falas da deputada federal Gleisi Hoffmann sobre o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

Juscelino Filho está no centro de algumas polêmicas desde que assumiu o cargo, entre elas o uso do orçamento secreto para benefício de uma propriedade da família, a ocultação de patrimônio e o uso de aviões da Força Aérea Brasileira (FAB). 

A presidente nacional do PT afirmou que o ministro deveria pedir afastamento do governo para explicar as denúncias em que tem sido envolvido, e isso impediria o "constrangimento" do governo.

Na nota, os líderes do partido dizem que o ministro sempre manteve uma atuação respeitada e lamentou que Gleisi "use dois pesos e duas medidas". 

"Quando atitudes dos seus aliados são contestadas, e não faltaram acusações a membros do PT na história recente, a parlamentar prega o direito de defesa. Quando a situação se inverte, prefere fazer prejulgamentos", diz a nota. 

Os parlamentares dizem ainda que o direito de defesa e a presunção de inocência são válidos para Gleisi, Juscelino e todos os brasileiros.

Nesta semana, o deputado federal Ubiratan Sanderson (PL-RS) apresentou à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma representação contra o ministro das Comunicações por suposto tráfico de influência que envolve empreiteira investigada por fraudes em licitações.

O ministro também teria usado avião da Força Aérea Brasileira e recebido quatro diárias e meia no mesmo fim de semana em que participou de leilões de cavalos de raça. Em nota divulgada na última quinta-feira (2), o Ministério das Comunicações rebateu acusações feitas sobre Juscelino Filho e afirmou que o titular utilizou avião da FAB para cumprir agenda pública em São Paulo. Segundo a pasta, o titular teve compromissos particulares no estado.

Últimas