Brasília Campanha de multivacinação começa nesta sexta-feira no DF

Campanha de multivacinação começa nesta sexta-feira no DF

Secretaria de Saúde quer incentivar a atualização da caderneta de vacina para crianças e adolescente com até 15 anos

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

GDF disponibilizou 111 postos para imunização de crianças e adolescentes

GDF disponibilizou 111 postos para imunização de crianças e adolescentes

Marcelo Camargo/Agência Brasil

Após quedas na cobertura vacinal, com agravamento do quadro durante a pandemia de Covid-19, a Secretaria de Saúde do Distrito Federal deu início nesta sexta-feira (1º) à campanha de multivacinação na capital federal.

O público-alvo são crianças e jovens entre 0 e 15 anos, que estão com o calendário de vacina atrasado. As doses são ofertadas nos postos de saúde ao longo de todo o ano, mas a procura está em baixa, segundo a Secretaria de Saúde.

A partir desta sexta, 111 pontos estão disponíveis para a imunização desta parcela da população. Os locais podem ser conferidos no site da secretaria. Para receber a aplicação, basta ir a um posto com a caderneta de vacinação e um documento de identidade com foto. Ao todo, 18 vacinas serão ofertadas para a atualização da caderneta. 

Entre elas, estão: BCG, Hepatite A e B, Penta (DTP/Hib/Hep B), Pneumocócica 10 valente, VIP (Vacina Inativada Poliomielite), VRH (Vacina Rotavírus Humano), Meningocócica C (conjugada), VOP (Vacina Oral Poliomielite), Febre amarela, Tríplice viral (Sarampo, rubéola, caxumba), Tetraviral (Sarampo, rubéola, caxumba, varicela), DTP (tríplice bacteriana), Varicela e HPV quadrivalente (Papilomavírus Humano).

Meta
A meta de cobertura vacinal é de 80% para proteção contra doenças como meningite e varicela, por exemplo. No entanto, o DF não conseguiu atingir o índice. Apenas a da BCG, que protege contra a tuberculose, chegou ao nível de cobertura ideal.

Em 2019, a cobertura de vacinas como Hepatite A e BCG ultrapassavam 98%. Outras como Rotavírus, Meningocócica, Poliomielite e Pneumonia, Hepatite, Febre Amarela se aproximaram de 90% de cobertura. Já em 2020, esses índices despencaram. A tríplice viral foi a que teve a menor procura. Apenas 63,7% do público se protegeu. A Hepatite B foi a que teve a melhor cobertura do ano: 77,7%.

Covid-19
Os adolescentes a partir dos 12 anos também já podem se vacinar no DF contra o novo coronavírus. Uma orientação do Ministério da Saúde aboliu o intervalo entre a aplicação da vacina contra a Covid-19 e a da gripe. Com isso, as duas podem ser tomadas no mesmo dia.

Ainda nessa quinta, a pasta deu início à campanha de multivacinação em nível nacional, e deve se extender até 29 de outubro. No próximos dia 16, está previsto um Dia D de vacinação em todo o país. 

Últimas