Brasília Homem é preso por comprar imagens de crianças sofrendo violência sexual no DF

Homem é preso por comprar imagens de crianças sofrendo violência sexual no DF

Ele também ameaçou de morte delegadas de Pernambuco e Sergipe;  o acusado pagava cerca de R$ 50 por imagem

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Sede da Polícia Civil do DF

Sede da Polícia Civil do DF

Divulgação/PCDF

Um homem acabou preso no Distrito Federal suspeito de comprar e armazenar material pornográfico infantil. De acordo com a Polícia Civil do DF, agentes chegaram ao investigado depois que ele ameaçou de morte delegadas de Pernambuco e Sergipe e enviou a uma delas o link do site em que ele armazenava as imagens de violência sexual contra crianças.

Ele teria enviado o endereço, segundo a corporação do DF, "em atitude desafiadora e prepotente". De acordo com a assessoria da polícia judiciária, o suspeito, que mora em Sobradinho, pagava cerca de R$ 50 por imagem de crianças sofrendo violência sexual. Nesta quinta-feira (28), policiais cumpriram um mandado de busca e apreensão na casa do suposto autor, de 23 anos.

Segundo nota divulgada pela Polícia Civil, na ação, policiais encontraram um "farto material no qual crianças de cerca de 5 a 9 anos eram exploradas sexualmente". Ele fazia o pagamento das imagens via Pix. O caso está sendo investigado pela Delegacia Especial de Repressão aos Crimes Cibernéticos.

Leia mais: Operação mira suspeitos de pornografia infantil em 13 estados e no exterior

A Polícia Civil de Pernambuco também ajudou nas investigações. O suspeito foi preso em flagrante por "adquirir, possuir ou armazenar, por qualquer meio, fotografia, vídeo ou outra forma de registro que contenha cena de sexo explícito ou pornográfica envolvendo criança ou adolescente". Se condenado pelo crime, ele pode pegar até quatro anos de prisão.

Últimas