Brasília Ibaneis Rocha diz que vai proibir uso de pistas de dança no DF

Ibaneis Rocha diz que vai proibir uso de pistas de dança no DF

Governador do DF disse que vai editar decreto ampliando as restrições de circulação diante do avanço da Covid-19

  • Brasília | Jéssica Moura, do R7, em Brasília

Governador do DF, Ibaneis Rocha

Governador do DF, Ibaneis Rocha

Reprodução

O governador Ibaneis Rocha informou nesta segunda-feira (17) que vai proibir o uso de pistas de dança no Distrito Federal. A medida será incluída no decreto editado na semana passada, e que vedou a realização de shows e eventos com cobrança de ingressos na capital federal.

Ibaneis está de férias em Miami, nos Estados Unidos, com a família e retorna ao DF neste sábado (22). Por ora, o vice, Paco Britto, assumiu o Executivo local. Segundo Ibaneis, por enquanto, não estão previstas novas restrições ao funcionamento do comércio ou endurecimento de regras para uso de máscaras ao ar livre. O decreto anterior não abrangia partidas de futebol ou eventos privados e o equipamento de proteção foi dispensado em ambientes abertos em novembro. 

A medida foi editada em função do alastramento das contaminações por coronavírus no Distrito Federal. Após sucessivas altas, a taxa de reprodução do vírus na capital federal está em 2,09, o que indica que a pandemia está em expansão. Na sexta-feira (14), quando a secretaria de Saúde publicou o último boletim epidemiológico, 2.898 novos diagnósticos de Covid-19 foram registrados na cidade. Ao todo, são 20.186 casos ativos na capital.

O espalhamento dos contágios também sobrecarregou o sistema de saúde. Na semana passada, as internações em UTI de pacientes graves com Covid-19 chegou a 74% na rede pública. Com isso, a secretaria de Saúde anunciou um plano de mobilização de leitos em sete fases, para lidar com a alta na demanda e evitar superlotação. Dez vagas foram ativadas na UTI do Hospital de Samambaia e outros dez devem ser abertos nesta quarta-feira (19).

Últimas