Brasília Justiça condena homem que matou companheira com abridor de coco

Justiça condena homem que matou companheira com abridor de coco

O crime aconteceu em São Sebastião (DF), em 2 de maio de 2021; agressor não aceitava o término do relacionamento

  • Brasília | Luiz Calcagno, do R7, em Brasília

Autor do feminicídio foi condenado a 28 anos, um mês e 15 dias de prisão

Autor do feminicídio foi condenado a 28 anos, um mês e 15 dias de prisão

Pixabay/Reprodução

O Tribunal do Júri de São Sebastião (DF) condenou um homem a 28 anos, um mês e 15 dias de prisão por crime de feminicídio. Fabiano de Sousa Eduardo foi considerado culpado por matar a companheira, Claudinete Oliveira Barbosa, com um abridor de coco. O crime aconteceu em 2 de maio de 2021.

Claudinete sinalizava que queria terminar a relação, e o agressor não aceitava. No dia do assassinato,  por volta de 10h30, na casa do casal em São Sebastião (DF), Fabiano atingiu a vítima no pescoço com a ferramenta.

O feminicídio aconteceu na frente do filho da mulher, o que também foi considerado um agravante. Ele ainda tentou simular um acidente para escapar das consequências. O julgamento durou cerca de oito horas.

O Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) acusou o agressor de homicídio qualificado por feminicídio, motivo torpe e recurso que dificultou a defesa da vítima. O júri acatou todos os agravantes.

Últimas