STF

Brasília Moraes manda Ministério da Justiça informar sobre extradição de Allan dos Santos

Moraes manda Ministério da Justiça informar sobre extradição de Allan dos Santos

Magistrado deu prazo de cinco dias para que sejam enviadas ao Supremo informações sobre o andamento do caso

  • Brasília | Renato Souza, do R7, em Brasília

O blogueiro Allan dos Santos

O blogueiro Allan dos Santos

Adriano Machado/Reuters - 27/5/2021

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), deu prazo de cinco dias para que o Ministério da Justiça informe o andamento do pedido de extradição do blogueiro Allan dos Santos. Ele atendeu a pedido da Polícia Federal. O comunicador é investigado em um inquérito que corre na Corte e mira a promoção e a realização de ataques contra instituições democráticas.

Allan está foragido desde o ano passado após Moraes determinar a prisão dele. O magistrado mandou que o governo brasileiro informasse autoridades dos Estados Unidos da necessidade de extradição. Além disso, foi determinado que a PF inclua o nome do blogueiro entre os procurados da Interpol (Polícia Internacional), o que ainda não ocorreu.

Ao longo dos últimos meses, por decisão do ministro Alexandre de Moraes, empresas de redes sociais, como Twitter, Facebook e Instagram, derrubaram canais de Allan dos Santos em suas plataformas. O mesmo ocorreu em relação ao Telegram, que foi instado a bloquear um dos perfis do comunicador, sob pena de ser bloqueado no Brasil. 

Em vídeos publicados na internet, o blogueiro aparece criticando ministros do Supremo. Nos Estados Unidos, ele chega a frequentar eventos e se encontrar livremente com outras pessoas.

Últimas