Brasília Mulher é encontrada morta em matagal em Santa Maria, no DF

Mulher é encontrada morta em matagal em Santa Maria, no DF

Polícia suspeita que a mulher tenha sido vítima de feminicídio. O autor do crime ainda não foi identificado

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Polícia investiga o caso como feminicídio

Polícia investiga o caso como feminicídio

Freepik

Uma mulher foi encontrada morta em um matagal na área rural de Santa Maria, no Distrito Federal, neste sábado (22). Segundo a Polícia Militar do Distrito Federal, o caso pode se tratar de feminicídio

Os policiais foram acionados por moradores da região, que denunciaram que uma mulher havia sido vítima de estupro na QR 416, Conjunto C. Quando o socorro chegou ao local, a vítima estava deitada no chão, com ferimentos na cabeça e com a saia levantada, já sem sinais vitais. O óbito foi confirmado pela equipe do CMBDF (Corpo de Bombeiros do Distrito Federal). 

A polícia investiga a autoria e motivação do crime. Ninguém havia sido preso até a última atualização desta reportagem. 

Um levantamento feito pela Secretaria de Segurança Pública do Distrito Federal mostrou que em um ano o número de feminicídios aumentou em 35%. Em 2020, foram registrados 17 casos de muheres mortas contra 23 assassinatos em 2021. A maior parte dos crimes tem o ciúmes como motivação principal.

Em 59% dos casos que acabaram em mortes de mulheres, o motivo principal da violência foi ciúmes e a vítima ainda vivia com o agressor. 29% das mortes também foi motivada por ciúmes, mas o casal estava separado. 6% teve como motivação principal o uso de drogas. 6% ainda estão sob investigação.

A maior parte dos agressores é composta de companheiros (41%), seguido de ex-cônjugues (29%), namorados (17%) e ex-namorados (5%). Em 76% dos casos a agressão aconteceu na residência da vítima.

Últimas