Brasília Operação contra ‘drogas gourmet’ apreende skunk, haxixe e R$ 21 mil

Operação contra ‘drogas gourmet’ apreende skunk, haxixe e R$ 21 mil

Foi preso um homem que vendia entorpecentes pelas redes sociais para retirada em tabacaria de Vicente Pires

  • Brasília | do R7, em Brasília

Resumindo a Notícia

  • Polícia Civil realizou uma operação contra venda de 'drogas gourmet' no DF
  • Foram apreendidos 1 kg de skunk, 500g de haxixe, 22 comprimidos de extasy e R$ 21.695
  • Homem que mantinha o entorpecente em uma tabacaria de Vicente Pires foi preso
  • Droga era vendida pelas redes sociais para clientes de Águas Claras, Vicente Pires e Plano Piloto

Uma operação contra a difusão de “drogas gourmet” no Distrito Federal terminou com a prisão de um homem e a apreensão de 1 kg de skunk, 500g de haxixe, 22 comprimidos de extasy e R$ 21.695 em dinheiro, na noite dessa quarta-feira (8). A ação foi realizada na casa do suspeito, em Taguatinga Norte, e em uma tabacaria de Vicente Pires, onde o entorpecente era vendido.

Segundo a Polícia Civil, o estabelecimento foi aberto apenas com o propósito de disfarçar a venda de drogas. Produtos como “skunk colombiano” e “haxixe dry”, de alto valor no mercado, eram vendidos pelas redes sociais e retirados na loja.

O esquema abastecia usuários principalmente de Águas Claras, Vicente Pires e Plano Piloto. A operação da Coordenação de Repressão às Drogas da PCDF recebeu o nome de “ice frog” e teve também a apreensão de um carro, uma balança e diversos objetos usados para o tráfico de drogas.

Drogas gourmet, R$ 21 mil e material para tráfico apreendidos pela PCDF na operação 'Ice Frog'

Drogas gourmet, R$ 21 mil e material para tráfico apreendidos pela PCDF na operação 'Ice Frog'

PCDF/Divulgação

As investigações começaram há três meses. Os policiais constataram que o suspeito realizava a venda do entorpecente por redes sociais como o Instagram e o Facebook.

Últimas