Brasília Parlamentares e governador do DF reagem após Rui Costa chamar Brasília de 'ilha da fantasia'

Parlamentares e governador do DF reagem após Rui Costa chamar Brasília de 'ilha da fantasia'

Além de Ibaneis Rocha, declarações do ministro-chefe da Casa Civil causaram reações de deputados, de senador e de ex-governador

  • Brasília | Hellen Leite, do R7, em Brasília

Rui Costa, ministro-chefe da Casa Civil

Rui Costa, ministro-chefe da Casa Civil

Foto: José Cruz/Agência Brasil

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), e parlamentares distritais criticaram as declarações do ministro-chefe da Casa Civil, Rui Costa, que chamou Brasília de "ilha da fantasia" durante um evento em Itaberaba (BA), nesta sexta-feira (2). "Aquele negócio de botar a capital do país longe da vida das pessoas, na minha opinião, fez muito mal ao Brasil", comentou.

Era melhor [a capital] ter ficado no Rio de Janeiro, ou ter ido para São Paulo, para Minas ou Bahia, para que quem fosse entrar num prédio daquele ou na Câmara dos Deputados, ou Senado, passasse, antes de chegar no seu local de trabalho, numa favela, embaixo de viaduto, com gente pedindo comida, vendo gente desempregada.

Rui Costa, ministro-chefe da Casa Civil

Neste domingo (4), Ibaneis afirmou nas redes sociais que "é triste ver que alguns políticos não têm a menor noção do que Brasília representa para o Brasil".

"Declarações infelizes só servem para aumentar o clima de animosidade que devemos combater no país", disse o governador do DF, que acrescentou que "para alguns políticos, Brasília se limita ao que eles veem pelas janelas de seus gabinetes".

Compartilhe esta notícia no WhatsApp
Compartilhe esta notícia no Telegram

A deputada federal Bia Kicis (PL-DF) criticou as declarações, afirmando que "não é de surpreender que um dos gestores mais incompetentes do Brasil fale sem conhecimento de causa sobre Brasília".

"Rui Costa deixou seu Estado com os piores índices de segurança, desemprego, educação. E vem querer dar pitaco sobre a capital do Brasil? Brasília tem a vocação de acolher brasileiros de todos os cantos do Brasil, e que vêm pra cá em busca de novos horizontes e oportunidades", afirmou a parlamentar.

O deputado distrital Chico Vigilante (PT) também reagiu ao comentário do ministro e afirmou que Rui "mostra completo desconhecimento da capital federal". "Foi um momento infeliz. Se não tem o que falar, fique calado", disse.

O presidente do PDT do DF, Georges Michel, disse que ficou "assombrado" com a declaração. "A reação das forças políticas do DF deveria ser na mesma proporção de tão desapropriada declaração, no mínimo exigir a demissão desse importante dirigente governamental que discrimina a população da capital da República."

O senador Izalci Lucas (PSDB-DF) afirmou que o ministro "demonstrou que não conhece absolutamente nada" do Distrito Federal. "O DF não é a Esplanada, aqui habitam 3,1 milhões de pessoas. É a terceira maior cidade do Brasil, maior, inclusive, que Salvador. Convido o ministro a conhecer a realidade da capital do país",  comentou.

O ex-governador Rodrigo Rollemberg (PSB-DF), que atualmente integra o governo Lula como secretário de Economia Verde, Descarbonização e Bioindústria do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, também se manifestou pelas redes sociais e afirmou que "o ministro não conhece Brasília".

Leia também: Ex-governador do DF Rodrigo Rollemberg cai de cavalo e quebra costela

"Somos um retrato do Brasil. Temos pobres e ricos, bons e maus políticos. Não tome o que lhe pedem como coisa de Brasília. Nossa gente é trabalhadora e honesta. Aqui o certo é certo e o errado é errado", disse.

O R7 procurou a Casa Civil para comentar a repercussão do assunto, mas a pasta afirmou que não vai se manifestar.

Últimas