Brasília Teste de Covid de Queiroga em NY dá positivo novamente

Teste de Covid de Queiroga em NY dá positivo novamente

O ministro realizou mais um teste na quinta (30). Caso o resultado fosse negativo, ele teria autorização para deixar o isolamento

  • Brasília | Bruna Lima, do R7, em Brasília

Joedson Alves/EFE - 24.03.2021

Mesmo sem sintomas da Covid-19 há mais de uma semana, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, ainda apresenta resultado positivo para a doença e não poderá embarcar de volta ao país nesta sexta-feira (1º). 

Caso o resultado fosse negativo, Queiroga teria autorização para embarque imediato, por ter cumprido dez dias de isolamento. No entanto, agora terá que realizar novos exames ou aguardar completarem-se os 14 dias preconizados pelas autoridades sanitárias americanas.

Nesse caso, mesmo que o teste RT-PCR detecte o vírus, o entendimento é que a carga viral não é suficiente para pôr em risco de contaminação outras pessoas, ficando autorizada a viagem, mas seguindo todos os protocolos, como o uso de máscara. 

Queiroga teve a doença confirmada em 21 de setembro, dia em que a comitiva presidencial embarcou de volta ao Brasil após participar da 76ª sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas, em Nova York (EUA). Desde então, cumpre quarentena em território americano, tendo mudado de hotel nesse período, a fim de economizar com despesas de hospedagem. 

À época dos resultados, somente o ministro da Saúde apresentou resultado positivo para a Covid, ficando o restante da comitiva autorizada a retornar ao Brasil. No entanto, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) determinou quarentena a todo o grupo, aproximadamente 50 integrantes, incluindo o presidente da República, Jair Bolsonaro. 

Todos passaram por novos exames e só foram liberados do isolamento aqueles que continuaram apresentando resultado negativo para a Covid após três dias. O deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, e um funcionário do cerimonial do Planalto também manifestaram a doença dias depois de retornar ao país. 

Últimas