Brasília Um dos maiores estelionatários do DF é preso por 'golpe do seminovo'

Um dos maiores estelionatários do DF é preso por 'golpe do seminovo'

Claudeci Barbosa da Silva, 47 anos, causou prejuízos de mais de R$ 100 mil em transações fraudulentas 

  • Brasília | Priscila Mendes, do R7, em Brasília

O "Rei dos Golpes" causou prejuízos de R$ 100 mil no DF com o golpes aplicados nas redes sociais

O "Rei dos Golpes" causou prejuízos de R$ 100 mil no DF com o golpes aplicados nas redes sociais

Reprodução

Um dos maiores estelionatários da capital foi preso pela Polícia Civil, na última segunda-feira (30), tentando se esconder em um condomínio do Itapoã, região administrativa do DF. Claudeci Barbosa da Silva, 47 anos, fez pelo menos 11 vítimas, causando prejuízos de mais de R$ 100 mil. Ele estava foragido e responde por 15 inquéritos, a maioria pelo crime de estelionato.

Mais conhecido como “golpista do seminovo”, Claudeci  aplicou golpes em Sobradinho, Recanto das Emas, Asa Sul, São Sebastião, Planaltina e Samambaia e causou prejuízos de mais de R$ 100 mil. O criminoso escolhia os alvos por meios das redes sociais, selecionando anúncios de carros usados. Com ajuda de um comparsa, ele encenava, enviava comprovantes falsos de depósitos e documentos para as vítimas. Após 24h, elas percebiam que o dinheiro da suposta transferência não era compensado.

De acordo com o inquérito instaurado na 35ª Delegacia de Polícia (Sobradinho 2), o autor do crime começou a atuar com a aquisição fraudulenta de veículos em fevereiro de 2020. De 2003 a 2006, ele usava o mesmo modus operandi, só que no ramo de materiais de construção.

Últimas